• Home
  • »
  • Notícias
  • »
  • Sindicatos convocam assembleia com indicativo de paralisação

Sindicatos convocam assembleia com indicativo de paralisação

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram
20210915_assembleias

Os
sindicatos que representam o funcionalismo de Curitiba convocam todas as
servidoras e servidores para unir forças nas assembleias simultâneas que serão
realizadas nos dias 20 e 22 de setembro para debater o indicativo de paralisação
e outras estratégias de luta contra a suspensão do reajuste de3,14%
aplicado em 2020.

Para os servidores representados
pelo SISMUC e pelo SISMMAC, a assembleia será realizada no dia 20 de setembro,
a partir das 19h, ainda de forma virtual devido à pandemia. A data foi alterada
para o dia 20 de setembro para antecipar o movimento e unificar com a maioria
dos sindicatos.

Faça sua inscrição em https://bit.ly/reajusteJA e ajude a
mobilizar o seu local de trabalho!

#@[email protected]#O novo ataque de Greca foi comunicado aos sindicatos em uma reunião na manhã desta quarta-feira (15). O Decreto 1495/2021, que suspende o reajuste, foi publish no mesmo dia e esse rombo já deve ser imposto no contracheque de setembro. O corte anunciado pela Prefeitura parte de uma compreensão equivocada sobre uma decisão do Supremo Tribunal Federal e será questionado pelos sindicatos juridicamente.

A hora de barrar a ameaça de
redução salarial é AGORA! Até o momento, a Prefeitura de Curitiba não recebeu
qualquer comunicação judicial oficial
determinando a suspensão e não existe qualquer processo específico envolvendo o
município de Curitiba e o reajuste concedido no ano passado.

Não faltam motivos para os
servidores cruzarem os braços. Além da suspensão do reajuste, a Prefeitura
pretende abrir mão dos protocolos de prevenção à Covid-19 para impor um retorno
100% presencial nas unidades de ensino. Greca também encaminhou à Câmara
Municipal outros dois grandes ataques: uma Reforma da Previdência que aumenta
a idade para aposentadoria e confisca parte do salário dos aposentados e uma Reforma
Administrativa
que prevê a criação de uma avaliação por desempenho no
município, uma maneira
de impor formas de meritocracia e perseguição no ambiente de trabalho.

Posts Relacionados