Sismac
  • 29 | 10 | 2019 - 11:43 Informe-se

    Sábados de 2010: Prefeitura concorda com os valores da primeira etapa

    Sábados de 2010: Prefeitura concorda com os valores da primeira etapa
    SISMMAC vai organizar um mutirão para conferência e esclarecimentos sobre os cálculos e valores pagos na primeira etapa

    A Prefeitura se manifestou na última quinta-feira (24) na ação dos sábados trabalhados de 2010, concordando com os valores apresentados pelo escritório de contabilidade contratado pelo SISMMAC. Apesar de a administração ainda não estar de acordo com o pagamento dos honorários, o juiz já foi notificado para decidir a homologação e a execução já está em andamento novamente.

    Não há um prazo determinado para o juiz apresentar a decisão, e a questão não depende mais da Prefeitura, nem do Sindicato. No entanto, assim que a decisão for publicada, as professoras e professores englobados na primeira parte do pagamento devem receber em até 60 dias após a manifestação oficial do juiz.

    Conferência dos valores dos sábados trabalhados de 2010

    A direção do SISMMAC, em conjunto com o departamento jurídico e de comunicação, desenvolveu uma ferramenta para a categoria conferir o valor a receber dos sábados trabalhados em 2010. Em breve, os professores sindicalizados poderão conferir os valores atualizados no site do Sindicato.

    O SISMMAC vai disponibilizar essa conferência de valores somente aos sindicalizados. Se você ainda não é sindicalizado, clique aqui! Além de ter acesso à ferramenta, você contribuirá na construção e fortalecimento do Sindicato para que a nossa categoria avance cada vez mais na garantia de direitos!

    Em breve, o SISMMAC organizará um mutirão para conferência e esclarecimentos sobre os cálculos e valores pagos nesta primeira etapa da execução. Fique atento a nossas redes sociais para ficar informado sobre o mutirão! Lembrando que além do site, Facebook e Instagram, o SISMMAC também envia notícias pelo WhatsApp. Para entrar na lista de transmissão, é só salvar o número 99737-2120 no seu celular e nos enviar uma mensagem com seu nome e unidade em que trabalha.

    Processo de pagamento

    Na primeira parte do pagamento, quem tinha um padrão em escola vai receber todo o valor referente a até sete sábados trabalhados na época. A verificação da quantidade exata de sábados extras a receber foi feita a partir dos boletins de frequência e dos calendários das unidades. Somente quando o juiz homologar os cálculos é que o pagamento poderá ocorrer, por meio de RPV (Requisição de Pequeno Valor). Para os professores com dois padrões, será pago somente o turno da manhã, o turno da tarde fica pra segunda parte da execução, na qual também estão inclusos os professores que estavam lotados em CMEIs e CMAEs, assim como o pagamento referente ao RIT.

    A demora no pagamento é fruto da lentidão da Prefeitura para fornecer os documentos e analisar os cálculos apresentados pelo escritório de contabilidade contratado pelo Sindicato. Quando as primeiras planilhas foram entregues pela administração, o SISMMAC identificou erros nos cálculos e, além disso, a administração mudou o método de verificação no meio das negociações, o que atrasou ainda mais o processo.

    Para agilizar a ação, o Sindicato solicitou a Prefeitura que efetuasse o pagamento da chamada “parcela incontroversa”. Foi aí que se chegou na divisão em duas etapas de pagamento. Essa primeira parcela beneficia diretamente mais de 7 mil professoras e professores, que estavam lotados em escolas em 2010.

  • 29 | 10 | 2019 - 11:43 Informe-se

    Sábados de 2010: Prefeitura concorda com os valores da primeira etapa

    Sábados de 2010: Prefeitura concorda com os valores da primeira etapa
    SISMMAC vai organizar um mutirão para conferência e esclarecimentos sobre os cálculos e valores pagos na primeira etapa

    A Prefeitura se manifestou na última quinta-feira (24) na ação dos sábados trabalhados de 2010, concordando com os valores apresentados pelo escritório de contabilidade contratado pelo SISMMAC. Apesar de a administração ainda não estar de acordo com o pagamento dos honorários, o juiz já foi notificado para decidir a homologação e a execução já está em andamento novamente.

    Não há um prazo determinado para o juiz apresentar a decisão, e a questão não depende mais da Prefeitura, nem do Sindicato. No entanto, assim que a decisão for publicada, as professoras e professores englobados na primeira parte do pagamento devem receber em até 60 dias após a manifestação oficial do juiz.

    Conferência dos valores dos sábados trabalhados de 2010

    A direção do SISMMAC, em conjunto com o departamento jurídico e de comunicação, desenvolveu uma ferramenta para a categoria conferir o valor a receber dos sábados trabalhados em 2010. Em breve, os professores sindicalizados poderão conferir os valores atualizados no site do Sindicato.

    O SISMMAC vai disponibilizar essa conferência de valores somente aos sindicalizados. Se você ainda não é sindicalizado, clique aqui! Além de ter acesso à ferramenta, você contribuirá na construção e fortalecimento do Sindicato para que a nossa categoria avance cada vez mais na garantia de direitos!

    Em breve, o SISMMAC organizará um mutirão para conferência e esclarecimentos sobre os cálculos e valores pagos nesta primeira etapa da execução. Fique atento a nossas redes sociais para ficar informado sobre o mutirão! Lembrando que além do site, Facebook e Instagram, o SISMMAC também envia notícias pelo WhatsApp. Para entrar na lista de transmissão, é só salvar o número 99737-2120 no seu celular e nos enviar uma mensagem com seu nome e unidade em que trabalha.

    Processo de pagamento

    Na primeira parte do pagamento, quem tinha um padrão em escola vai receber todo o valor referente a até sete sábados trabalhados na época. A verificação da quantidade exata de sábados extras a receber foi feita a partir dos boletins de frequência e dos calendários das unidades. Somente quando o juiz homologar os cálculos é que o pagamento poderá ocorrer, por meio de RPV (Requisição de Pequeno Valor). Para os professores com dois padrões, será pago somente o turno da manhã, o turno da tarde fica pra segunda parte da execução, na qual também estão inclusos os professores que estavam lotados em CMEIs e CMAEs, assim como o pagamento referente ao RIT.

    A demora no pagamento é fruto da lentidão da Prefeitura para fornecer os documentos e analisar os cálculos apresentados pelo escritório de contabilidade contratado pelo Sindicato. Quando as primeiras planilhas foram entregues pela administração, o SISMMAC identificou erros nos cálculos e, além disso, a administração mudou o método de verificação no meio das negociações, o que atrasou ainda mais o processo.

    Para agilizar a ação, o Sindicato solicitou a Prefeitura que efetuasse o pagamento da chamada “parcela incontroversa”. Foi aí que se chegou na divisão em duas etapas de pagamento. Essa primeira parcela beneficia diretamente mais de 7 mil professoras e professores, que estavam lotados em escolas em 2010.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS