Sismac

Notícias | Informe-se!

Imprimir
  • 2 de agosto é dia de luta contra os ataques da BNCC!
    02 | 08 | 2018 - 12:55 Informe-se

    2 de agosto é dia de luta contra os ataques da BNCC!

    Trabalhadores da educação de todo o país promovem um dia de luta nacional em defesa da educação e contra a BNCC
    Hoje (2), professoras e professores de todo o país estarão engajados na luta contra as graves ameaças da Base Nacional Curricular Comum (BNCC). O dia 2 de agosto, Dia de Luta Nacional em Defesa da Educação, é uma resposta direta ao “Dia D”, promovido pelo Conselho Nacional dos Secretários da Educação (Consed).

    O “Dia D” foi criado para que professores de ensino médio no Brasil realizem um dia de atividade e discussões sobre mudanças na BNCC. No entanto, a categoria está ciente da intenção por trás desse dia, que é enganar os trabalhadores e não levar em consideração as opiniões das comunidades escolares. É impossível discutir um documento tão complexo e cheio de defeitos em apenas um dia de atividades, que foram previamente roteirizadas para evitar qualquer tipo de manifestação contrária. Mas os trabalhadores não vão se calar diante do desmonte da educação pública!

    A BNCC apresenta mecanismos que tiram a autonomia do professor e não respeitam a diversidade das comunidades escolares brasileiras. No documento, apenas as disciplinas de português e matemática seriam obrigatórias, as outras são meramente chamadas de área de conhecimento. Somente 40% do conteúdo será voltado aos temas regionais e boa parte do ensino poderá ser feito à distância (EAD).

    Outro grave problema é a privatização do ensino, para que grandes empresas possam lucrar às custas da precarização do ensino. Nesse cenário, professores enfrentariam o desemprego e instituições privadas seriam responsáveis por elaboração e produção de materiais didáticos e gestão de projetos.

    Além disso, não há nenhuma garantia de que assuntos importantes como pensamento crítico, respeito às diversidades, gênero e orientação sexual serão incluídos em conteúdos e debates em sala de aula.
    Por isso, neste dia 2 de agosto, não deixe de expressar a sua indignação contra as ameaças da BNCC!
    Proteste, assine abaixo-assinados, promova a discussão na sua comunidade e não aceite esse grave ataque à educação pública de qualidade!
  • 02 | 08 | 2018 - 12:55 Informe-se
    2 de agosto é dia de luta contra os ataques da BNCC!

    2 de agosto é dia de luta contra os ataques da BNCC!

    Trabalhadores da educação de todo o país promovem um dia de luta nacional em defesa da educação e contra a BNCC
    Hoje (2), professoras e professores de todo o país estarão engajados na luta contra as graves ameaças da Base Nacional Curricular Comum (BNCC). O dia 2 de agosto, Dia de Luta Nacional em Defesa da Educação, é uma resposta direta ao “Dia D”, promovido pelo Conselho Nacional dos Secretários da Educação (Consed).

    O “Dia D” foi criado para que professores de ensino médio no Brasil realizem um dia de atividade e discussões sobre mudanças na BNCC. No entanto, a categoria está ciente da intenção por trás desse dia, que é enganar os trabalhadores e não levar em consideração as opiniões das comunidades escolares. É impossível discutir um documento tão complexo e cheio de defeitos em apenas um dia de atividades, que foram previamente roteirizadas para evitar qualquer tipo de manifestação contrária. Mas os trabalhadores não vão se calar diante do desmonte da educação pública!

    A BNCC apresenta mecanismos que tiram a autonomia do professor e não respeitam a diversidade das comunidades escolares brasileiras. No documento, apenas as disciplinas de português e matemática seriam obrigatórias, as outras são meramente chamadas de área de conhecimento. Somente 40% do conteúdo será voltado aos temas regionais e boa parte do ensino poderá ser feito à distância (EAD).

    Outro grave problema é a privatização do ensino, para que grandes empresas possam lucrar às custas da precarização do ensino. Nesse cenário, professores enfrentariam o desemprego e instituições privadas seriam responsáveis por elaboração e produção de materiais didáticos e gestão de projetos.

    Além disso, não há nenhuma garantia de que assuntos importantes como pensamento crítico, respeito às diversidades, gênero e orientação sexual serão incluídos em conteúdos e debates em sala de aula.
    Por isso, neste dia 2 de agosto, não deixe de expressar a sua indignação contra as ameaças da BNCC!
    Proteste, assine abaixo-assinados, promova a discussão na sua comunidade e não aceite esse grave ataque à educação pública de qualidade!

Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS