Sismac

Notícias | Negociações

Imprimir
  • Sindicatos cobram negociação sobre reajuste salarial e previdência
    15 | 02 | 2017 - 14:15 Negociações

    Sindicatos cobram negociação sobre reajuste salarial e previdência

    Servidores estão em alerta contra ameaça de descumprimento da data-base e demais ataques anunciados no início do ano
    Os cinco sindicatos que representam os servidores municipais de Curitiba protocolaram ofício na última terça-feira (14), solicitando reuniões com o prefeito Rafael Greca (PMN) e com o presidente da Câmara Municipal. Além de iniciar a negociação sobre a reposição salarial dos servidores, o objetivo das reuniões é reivindicar que nenhuma alteração seja feita no Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba (IPMC) e no Instituto Curitiba de Saúde (ICS) sem negociação com os trabalhadores.

    As direções sindicais do SISMMAC, Sismuc, Sigmuc, Sinfisco e Sindicâmara se reuniram na terça-feira para organizar ações conjuntas contra a ameaça de descumprimento da data-base e demais ataques anunciados pela administração municipal neste início de ano.

    Em coletiva de imprensa no dia 30 de janeiro, o prefeito anunciou que pode atrasar a data-base dos servidores. Também prometeu lançar um pacote de medidas para organizar as finanças. O anúncio sugere que Greca pretende repetir o que o governador Beto Richa fez no estado e 2015: impor um ‘pacotaço’ de ajuste fiscal que prejudica servidores públicos e os trabalhadores em geral.

    Além disso, o novo presidente do IPMC, José Luiz Rauen ,anunciou que pretende enviar um projeto de previdência privada à Câmara de Vereadores em até 90 dias, o que, na prática, impede um amplo e profundo diálogo com o conjunto dos servidores públicos municipais.

    Assembleia

    A presença de todas as professoras e professores na assembleia do dia 20 de fevereiro é muito importante. Venha definir um calendário de mobilização e também ações do conjunto da categoria para enfrentar a postura arbitrária da atual administração.

    A assembleia acontece às 18h30 em primeira convocação e às 19h em segunda convocação. O evento será realizado no Clube Dom Pedro II (Rua Brigadeiro Franco, 3662).
    Veja mais
    Mobilização unificada em defesa de direitos

    Junto com essas ameaças, sofremos com o atraso na implantação do novo Plano de Carreira e a imposição de limites financeiros discriminatórios para a concessão dos RITs.

    Para barrar todos esses ataques, é preciso unir e fortalecer a mobilização do conjunto dos servidores municipais.

    A assembleia geral do magistério, que acontece no dia 20 de fevereiro, será um espaço de preparação para nossa luta em defesa de direitos. As professoras e professores da rede irão definir as reivindicações prioritárias e aprovar ações de mobilização. Participe!
Imprimir
  • 15 | 02 | 2017 - 14:15 Negociações
    Sindicatos cobram negociação sobre reajuste salarial e previdência

    Sindicatos cobram negociação sobre reajuste salarial e previdência

    Servidores estão em alerta contra ameaça de descumprimento da data-base e demais ataques anunciados no início do ano
    Os cinco sindicatos que representam os servidores municipais de Curitiba protocolaram ofício na última terça-feira (14), solicitando reuniões com o prefeito Rafael Greca (PMN) e com o presidente da Câmara Municipal. Além de iniciar a negociação sobre a reposição salarial dos servidores, o objetivo das reuniões é reivindicar que nenhuma alteração seja feita no Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Curitiba (IPMC) e no Instituto Curitiba de Saúde (ICS) sem negociação com os trabalhadores.

    As direções sindicais do SISMMAC, Sismuc, Sigmuc, Sinfisco e Sindicâmara se reuniram na terça-feira para organizar ações conjuntas contra a ameaça de descumprimento da data-base e demais ataques anunciados pela administração municipal neste início de ano.

    Em coletiva de imprensa no dia 30 de janeiro, o prefeito anunciou que pode atrasar a data-base dos servidores. Também prometeu lançar um pacote de medidas para organizar as finanças. O anúncio sugere que Greca pretende repetir o que o governador Beto Richa fez no estado e 2015: impor um ‘pacotaço’ de ajuste fiscal que prejudica servidores públicos e os trabalhadores em geral.

    Além disso, o novo presidente do IPMC, José Luiz Rauen ,anunciou que pretende enviar um projeto de previdência privada à Câmara de Vereadores em até 90 dias, o que, na prática, impede um amplo e profundo diálogo com o conjunto dos servidores públicos municipais.

    Assembleia

    A presença de todas as professoras e professores na assembleia do dia 20 de fevereiro é muito importante. Venha definir um calendário de mobilização e também ações do conjunto da categoria para enfrentar a postura arbitrária da atual administração.

    A assembleia acontece às 18h30 em primeira convocação e às 19h em segunda convocação. O evento será realizado no Clube Dom Pedro II (Rua Brigadeiro Franco, 3662).
    Veja mais
    Mobilização unificada em defesa de direitos

    Junto com essas ameaças, sofremos com o atraso na implantação do novo Plano de Carreira e a imposição de limites financeiros discriminatórios para a concessão dos RITs.

    Para barrar todos esses ataques, é preciso unir e fortalecer a mobilização do conjunto dos servidores municipais.

    A assembleia geral do magistério, que acontece no dia 20 de fevereiro, será um espaço de preparação para nossa luta em defesa de direitos. As professoras e professores da rede irão definir as reivindicações prioritárias e aprovar ações de mobilização. Participe!

Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS