Sismac
  • 11 | 05 | 2022 - 17:09 Informe-se

    Quem ataca os servidores, Geralmente tem interesses escusos

    Quem ataca os servidores,  Geralmente tem interesses escusos

    Ministro da Economia da gestão de Jair Bolsonaro, o ultraliberal Paulo Guedes lidera as “reformas” privatizantes e destruidoras de direitos propostas pelo Governo Federal, chegando a ofender os servidores públicos concursados, chamados de “parasitas”. Só que quem lucrou com a destruição do Brasil foi ele mesmo. 

    Reportagens do final de 2021 revelaram que, enquanto ofendia trabalhadores responsáveis pelas políticas públicas oferecidas à população, Paulo Guedes tinha milhões de dólares em paraísos fiscais fora do Brasil.

    Mais do que isso: com seus investimentos feitos em dólar, o ministro lucrou cada vez que o dólar subiu por aqui (inclusive quando ele mesmo falou coisas que deixaram nosso país em situação vexatória no exterior).

    E como ele contribuiu para o fracasso da economia brasileira (que ele deveria comandar), ele também lucrou (já que o preço do dólar nunca foi tão alto). 

    É o clássico caso da raposa cuidando do galinheiro: mesma premissa da Reforma Administrativa (PEC 32/2020), defendida por Guedes e Bolsonaro, que tem como objetivos facilitar ainda mais para que aproveitadores, oportunistas e corruptos se aproveitem daquilo que é do povo brasileiro.

    #ServiçoPúblico #ÉPublico #ÉpraTodos #ValorizeOServidor #ServiçoPúblicoéExcelência
  • 11 | 05 | 2022 - 17:09 Informe-se

    Quem ataca os servidores, Geralmente tem interesses escusos

    Quem ataca os servidores,  Geralmente tem interesses escusos

    Ministro da Economia da gestão de Jair Bolsonaro, o ultraliberal Paulo Guedes lidera as “reformas” privatizantes e destruidoras de direitos propostas pelo Governo Federal, chegando a ofender os servidores públicos concursados, chamados de “parasitas”. Só que quem lucrou com a destruição do Brasil foi ele mesmo. 

    Reportagens do final de 2021 revelaram que, enquanto ofendia trabalhadores responsáveis pelas políticas públicas oferecidas à população, Paulo Guedes tinha milhões de dólares em paraísos fiscais fora do Brasil.

    Mais do que isso: com seus investimentos feitos em dólar, o ministro lucrou cada vez que o dólar subiu por aqui (inclusive quando ele mesmo falou coisas que deixaram nosso país em situação vexatória no exterior).

    E como ele contribuiu para o fracasso da economia brasileira (que ele deveria comandar), ele também lucrou (já que o preço do dólar nunca foi tão alto). 

    É o clássico caso da raposa cuidando do galinheiro: mesma premissa da Reforma Administrativa (PEC 32/2020), defendida por Guedes e Bolsonaro, que tem como objetivos facilitar ainda mais para que aproveitadores, oportunistas e corruptos se aproveitem daquilo que é do povo brasileiro.

    #ServiçoPúblico #ÉPublico #ÉpraTodos #ValorizeOServidor #ServiçoPúblicoéExcelência

Notícias Relacionadas

Nenhum registro encontrado.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS