Sismac
  • 09 | 04 | 2021 - 08:55 Saúde

    ICS propõe aumento em plano para dependentes e expõe lógica de mercado

    ICS propõe aumento em plano para dependentes e expõe lógica de mercado
    O ICS foi uma conquista dos servidores e está sendo atacado pela gestão Greca

    Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, com todas as dificuldades que os servidores e toda sociedade vem sofrendo, a gestão do desprefeito Rafael Greca quer aumentar o valor da mensalidade dos novos planos do Instituto Curitiba de Saude (ICS) nos quais os servidores podem incluir dependentes maiores de 18 anos e pagam um valor por dependente e por faixa etária. O tema foi debatido na reunião extraordinária do Conselho de Administração que aconteceu na última quarta-feira (7).

    A proposta inicial defendida pelo diretor financeiro era de um reajuste de 5,20%, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), para os planos empresarial e dependente apartamento. Segundo ele, o percentual seria suficiente para arcar com os gastos do ICS e o aumento de despesas. Entretanto, o secretário municipal de Administração e Gestão de Pessoal (SMAP), Alexandre Jarschel de Oiveira, achou o índice baixo e defendeu um reajuste quatro vezes maior (20%). Um contrassenso já que os servidores seguem com suas carreiras congeladas.

    Com os novos planos que incluem dependentes, os servidores estão pagando o preço de mercado de qualquer outro plano de saúde. Ao fazer isso, Greca ataca o ICS que, ao longo dos anos, vem sofrendo com a desmonte e precarização dos serviços oferecidos aos trabalhadores. Essa situação demonstra que é preciso resistir e valorizar o ICS, plano coletivo que atende o conjunto dos servidores municipais.

    Atualmente, os servidores municipais pagam 3,90% do salário para manter o plano de saúde ofertado pelo ICS, incluindo dependentes menores de idade.

    A proposta de reajuste não foi votada durante a reunião do Conselho e deverá ser discutida em nova data. Estamos atentos!

  • 09 | 04 | 2021 - 08:55 Saúde

    ICS propõe aumento em plano para dependentes e expõe lógica de mercado

    ICS propõe aumento em plano para dependentes e expõe lógica de mercado
    O ICS foi uma conquista dos servidores e está sendo atacado pela gestão Greca

    Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, com todas as dificuldades que os servidores e toda sociedade vem sofrendo, a gestão do desprefeito Rafael Greca quer aumentar o valor da mensalidade dos novos planos do Instituto Curitiba de Saude (ICS) nos quais os servidores podem incluir dependentes maiores de 18 anos e pagam um valor por dependente e por faixa etária. O tema foi debatido na reunião extraordinária do Conselho de Administração que aconteceu na última quarta-feira (7).

    A proposta inicial defendida pelo diretor financeiro era de um reajuste de 5,20%, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), para os planos empresarial e dependente apartamento. Segundo ele, o percentual seria suficiente para arcar com os gastos do ICS e o aumento de despesas. Entretanto, o secretário municipal de Administração e Gestão de Pessoal (SMAP), Alexandre Jarschel de Oiveira, achou o índice baixo e defendeu um reajuste quatro vezes maior (20%). Um contrassenso já que os servidores seguem com suas carreiras congeladas.

    Com os novos planos que incluem dependentes, os servidores estão pagando o preço de mercado de qualquer outro plano de saúde. Ao fazer isso, Greca ataca o ICS que, ao longo dos anos, vem sofrendo com a desmonte e precarização dos serviços oferecidos aos trabalhadores. Essa situação demonstra que é preciso resistir e valorizar o ICS, plano coletivo que atende o conjunto dos servidores municipais.

    Atualmente, os servidores municipais pagam 3,90% do salário para manter o plano de saúde ofertado pelo ICS, incluindo dependentes menores de idade.

    A proposta de reajuste não foi votada durante a reunião do Conselho e deverá ser discutida em nova data. Estamos atentos!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS