Sismac
  • 14 | 09 | 2020 - 10:09 Informe-se

    Nota de falecimento da professora Lucineia Drohomereschi

    Nota de falecimento da professora Lucineia Drohomereschi
    O sepultamento ocorre nesta segunda-feira, às 10h30, no cemitério municipal Água Verde

    É com profundo pesar que informamos que a professora Lucineia Drohomereschi, diretora do CMEI Erondy Silvério, faleceu no último domingo (13), vítima da Covid-19.

    Além da saudade, Lucineia nos deixa seu exemplo de garra e de dedicação em prol da educação. O otimismo, companheirismo e generosidade que marcavam sua atuação, dentro e fora das salas aulas, continuarão vivos e seguirão inspirando todos os que conheceram e conviveram com ela.

    O sepultamento ocorre nesta segunda-feira, às 10h30, no cemitério municipal Água Verde.

    Lucineia morava em Fazenda Rio Grande, onde começou sua trajetória como professora, na Escola Municipal São Gabriel e no CMEI Francisco João Orso. Já em Curitiba, trabalhou em unidades de ensino da regional Tatuquara, como a Escola Municipal Santa Ana Mestra, o CMEI Tânia Brandt e o CMEI Erondy Silvério.

    A professora tinha 47 anos, era casada e tinha três filhos. Estava internada no Hospital Cruz Vermelha e lutava há 12 dias contra a doença. Ela é mais uma vítima da Covid-19, que já causou 65 mortes em Fazenda Rio Grande, 1.128 em Curitiba e mais de 130 mil em todo o país.

    O SISMMAC e o SISMUC se solidarizam com a família e amigos de Lucineia e com os familiares de todas as vítimas do Coronavírus no Brasil.

  • 14 | 09 | 2020 - 10:09 Informe-se

    Nota de falecimento da professora Lucineia Drohomereschi

    Nota de falecimento da professora Lucineia Drohomereschi
    O sepultamento ocorre nesta segunda-feira, às 10h30, no cemitério municipal Água Verde

    É com profundo pesar que informamos que a professora Lucineia Drohomereschi, diretora do CMEI Erondy Silvério, faleceu no último domingo (13), vítima da Covid-19.

    Além da saudade, Lucineia nos deixa seu exemplo de garra e de dedicação em prol da educação. O otimismo, companheirismo e generosidade que marcavam sua atuação, dentro e fora das salas aulas, continuarão vivos e seguirão inspirando todos os que conheceram e conviveram com ela.

    O sepultamento ocorre nesta segunda-feira, às 10h30, no cemitério municipal Água Verde.

    Lucineia morava em Fazenda Rio Grande, onde começou sua trajetória como professora, na Escola Municipal São Gabriel e no CMEI Francisco João Orso. Já em Curitiba, trabalhou em unidades de ensino da regional Tatuquara, como a Escola Municipal Santa Ana Mestra, o CMEI Tânia Brandt e o CMEI Erondy Silvério.

    A professora tinha 47 anos, era casada e tinha três filhos. Estava internada no Hospital Cruz Vermelha e lutava há 12 dias contra a doença. Ela é mais uma vítima da Covid-19, que já causou 65 mortes em Fazenda Rio Grande, 1.128 em Curitiba e mais de 130 mil em todo o país.

    O SISMMAC e o SISMUC se solidarizam com a família e amigos de Lucineia e com os familiares de todas as vítimas do Coronavírus no Brasil.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS