Sismac
  • 26 | 06 | 2020 - 20:34 Informe-se

    Greca e Bolsonaro tentam destruir a previdência dos servidores

    Greca e Bolsonaro tentam destruir a previdência dos servidores
    Aliado a Bolsonaro, Greca quer impor o aumento da alíquota do IPMC para 14%
    Como se não bastasse a Reforma da Previdência aprovada em 2019 por Bolsonaro, agora o desprefeito Rafael Greca quer usar essa mesma Reforma como desculpa para aumentar de uma só vez a alíquota do IPMC para 14%.

    E não é à toa que Greca e seus comparsas na Câmara de Vereadores querem fazer isso em meio a uma pandemia. O desprefeito usa a mesma tática do governo federal e tenta “passar a boiada” enquanto os servidores estão trabalhando para melhorar as condições de vida da população. E é por isso que os vereadores da bancada do tratatoço que aprovaram a tramitação em regime de urgência não quiseram que seus nomes aparecessem no placar de votação.

    O que Greca e Bolsonaro escondem é que os dois fazem parte do mesmo projeto de governo que condena os mais pobres ao desemprego, à miséria e à morte, enquanto favorece os mais ricos. Com discursos vazios, Greca tenta realizar mais uma redução salarial para os servidores. E, enquanto isso, Bolsonaro tenta reduzir o auxílio emergencial dos informais nos próximos meses.

     Participe do ato virtual e diga não ao aumento da alíquota que será votado em regime de urgência na próxima segunda-feira (29). Clique no box ao lado e saiba como participar do ato. 
  • 26 | 06 | 2020 - 20:34 Informe-se

    Greca e Bolsonaro tentam destruir a previdência dos servidores

    Greca e Bolsonaro tentam destruir a previdência dos servidores
    Aliado a Bolsonaro, Greca quer impor o aumento da alíquota do IPMC para 14%
    Como se não bastasse a Reforma da Previdência aprovada em 2019 por Bolsonaro, agora o desprefeito Rafael Greca quer usar essa mesma Reforma como desculpa para aumentar de uma só vez a alíquota do IPMC para 14%.

    E não é à toa que Greca e seus comparsas na Câmara de Vereadores querem fazer isso em meio a uma pandemia. O desprefeito usa a mesma tática do governo federal e tenta “passar a boiada” enquanto os servidores estão trabalhando para melhorar as condições de vida da população. E é por isso que os vereadores da bancada do tratatoço que aprovaram a tramitação em regime de urgência não quiseram que seus nomes aparecessem no placar de votação.

    O que Greca e Bolsonaro escondem é que os dois fazem parte do mesmo projeto de governo que condena os mais pobres ao desemprego, à miséria e à morte, enquanto favorece os mais ricos. Com discursos vazios, Greca tenta realizar mais uma redução salarial para os servidores. E, enquanto isso, Bolsonaro tenta reduzir o auxílio emergencial dos informais nos próximos meses.

     Participe do ato virtual e diga não ao aumento da alíquota que será votado em regime de urgência na próxima segunda-feira (29). Clique no box ao lado e saiba como participar do ato. 

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS