Sismac
  • 13 | 03 | 2020 - 17:37 Legislação

    Juiz concorda com valores dos sábados trabalhados a mais em 2010

    Juiz concorda com valores dos sábados trabalhados a mais em 2010
    Entretanto, administração consegue extensão de prazo para pagamento

    O juiz responsável por analisar os cálculos da ação de execução do pagamento dos sábados trabalhados a mais em 2010 concordou com os valores apresentados pela direção do SISMMAC.

    O juiz também acordou que o pagamento seja feito por meio de Requisição de Pequeno Valor (RPV) que, diferentemente dos precatórios, são a forma mais rápida para que gestões municipais realizem pagamentos. RPVs, via de regra, são pagas em até 60 dias após o protocolo na Prefeitura.

    Entretanto, a gestão do prefeito Rafael Greca solicitou a extensão de prazo para levantar o número de professores falecidos compreendidos pela ação. E o juiz concedeu um prazo de 90 dias para que a administração municipal apresente este dado.

    Apesar do levantamento ser de praxe, os 90 dias para executar uma tarefa simples, da qual a Prefeitura tem plena capacidade para realizar em poucos dias, é absurdo. Isso porque mesmo os herdeiros daqueles servidores que faleceram de 2010 para cá têm o direito de receber o valor devido pela administração. Ou seja, o valor que a Prefeitura tem a pagar não será alterado após o levantamento.

    O SISMMAC irá solicitar que essa tarefa simples de conferência seja realizada em prazo compatível. Para isso, irá demandar junto a Procuradoria Geral do Município (PGM) para que a Prefeitura evite utilizar todo este prazo que é desnecessário e agilize os pagamentos das professoras e professores da rede. É importante que a categoria se mantenha atenta e que, junto conosco, cobre a administração a dar agilidade a este processo, pois a execução e, consequentemente, o pagamento dependem apenas desta etapa.


  • 13 | 03 | 2020 - 17:37 Legislação

    Juiz concorda com valores dos sábados trabalhados a mais em 2010

    Juiz concorda com valores dos sábados trabalhados a mais em 2010
    Entretanto, administração consegue extensão de prazo para pagamento

    O juiz responsável por analisar os cálculos da ação de execução do pagamento dos sábados trabalhados a mais em 2010 concordou com os valores apresentados pela direção do SISMMAC.

    O juiz também acordou que o pagamento seja feito por meio de Requisição de Pequeno Valor (RPV) que, diferentemente dos precatórios, são a forma mais rápida para que gestões municipais realizem pagamentos. RPVs, via de regra, são pagas em até 60 dias após o protocolo na Prefeitura.

    Entretanto, a gestão do prefeito Rafael Greca solicitou a extensão de prazo para levantar o número de professores falecidos compreendidos pela ação. E o juiz concedeu um prazo de 90 dias para que a administração municipal apresente este dado.

    Apesar do levantamento ser de praxe, os 90 dias para executar uma tarefa simples, da qual a Prefeitura tem plena capacidade para realizar em poucos dias, é absurdo. Isso porque mesmo os herdeiros daqueles servidores que faleceram de 2010 para cá têm o direito de receber o valor devido pela administração. Ou seja, o valor que a Prefeitura tem a pagar não será alterado após o levantamento.

    O SISMMAC irá solicitar que essa tarefa simples de conferência seja realizada em prazo compatível. Para isso, irá demandar junto a Procuradoria Geral do Município (PGM) para que a Prefeitura evite utilizar todo este prazo que é desnecessário e agilize os pagamentos das professoras e professores da rede. É importante que a categoria se mantenha atenta e que, junto conosco, cobre a administração a dar agilidade a este processo, pois a execução e, consequentemente, o pagamento dependem apenas desta etapa.


Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS