Sismac
  • 21 | 01 | 2020 - 14:02 Saúde

    Terceirização: licitação do ICS é barrada pelo TCE

    Terceirização: licitação do ICS é barrada pelo TCE
    Ligação entre empresa e apoiadores de Greca mostra sujeira em licitações

    Menos de um mês após a denúncia de que Greca teria gastado dez vezes mais em esculturas do que o real preço delas, o desprefeito ataca novamente!

    Gasto de dinheiro público é a obra de arte de Greca

    A gestão de Greca tem sido marcada pelo discurso vazio sobre economia, já que este só se aplica para os servidores e a população que mais precisa.Esbanjando dinheiro público o desprefeito gastou, no início de janeiro, mais de R$ 6 milhões em esculturas sem nenhuma licitação. O preço foi calculado pelo Intercept Brasil, que considerou o valor abusivo já que outros fornecedores cobrariam até dez vezes menos.

    Entre as infelizes “coincidências” o dono dos direitos autorais das obras compradas por Greca, é Samuel Ferrari Lago, um dos acionistas da empresa positivo, ligado a um dos maiores doadores de campanha de Greca.
    Os desvios por trás dos processos licitatórios da atual gestão não param de aparecer. Dessa vez, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) impediu que a empresa Plus Santé Emergências Médicas participasse da licitação para a contratação de uma empresa terceirizada em transporte por ambulância, para o Instituto Curitiba de Saúde (ICS).

    A intervenção do TCE se deu pela ligação entre a empresa e Greca, duas das sócias da empresa têm relação de parentesco próximo com o ex-chefe de gabinete do desprefeito. O cargo foi deixado por João Alfredo Costa Filho logo antes do período de licitação iniciar.

    Será essa só mais uma das coincidências do desprefeito, ou será que a preparação para sua reeleição já começou?

    A licitação é parte do plano de Greca para terceirizar a saúde!

    E não é só isso, quando o assunto é terceirização, Greca joga sujo! Em janeiro, o SISMUC e o SIMEPAR ganharam uma ação na justiça que impediu o processo de licitação das Organizações Sociais (OSs), para a gestão das UPAs na cidade. Para a justiça, a Prefeitura não respeitou os prazos necessários para realizar o processo e tentou mais uma vez atropelar a licitação. Esse tipo de postura só mostra, mais uma vez, que a transparência com as terceirizações não passa de uma farsa.

    Em 2020, não podemos esquecer daqueles que têm nos retirado direitos e piorado nossas condições de vida em benefício próprio. Nas eleições é VAZA GRECA, VAZA PIER, VAZA BANCADA DO PACOTAÇO!

  • 21 | 01 | 2020 - 14:02 Saúde

    Terceirização: licitação do ICS é barrada pelo TCE

    Terceirização: licitação do ICS é barrada pelo TCE
    Ligação entre empresa e apoiadores de Greca mostra sujeira em licitações

    Menos de um mês após a denúncia de que Greca teria gastado dez vezes mais em esculturas do que o real preço delas, o desprefeito ataca novamente!

    Gasto de dinheiro público é a obra de arte de Greca

    A gestão de Greca tem sido marcada pelo discurso vazio sobre economia, já que este só se aplica para os servidores e a população que mais precisa.Esbanjando dinheiro público o desprefeito gastou, no início de janeiro, mais de R$ 6 milhões em esculturas sem nenhuma licitação. O preço foi calculado pelo Intercept Brasil, que considerou o valor abusivo já que outros fornecedores cobrariam até dez vezes menos.

    Entre as infelizes “coincidências” o dono dos direitos autorais das obras compradas por Greca, é Samuel Ferrari Lago, um dos acionistas da empresa positivo, ligado a um dos maiores doadores de campanha de Greca.
    Os desvios por trás dos processos licitatórios da atual gestão não param de aparecer. Dessa vez, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) impediu que a empresa Plus Santé Emergências Médicas participasse da licitação para a contratação de uma empresa terceirizada em transporte por ambulância, para o Instituto Curitiba de Saúde (ICS).

    A intervenção do TCE se deu pela ligação entre a empresa e Greca, duas das sócias da empresa têm relação de parentesco próximo com o ex-chefe de gabinete do desprefeito. O cargo foi deixado por João Alfredo Costa Filho logo antes do período de licitação iniciar.

    Será essa só mais uma das coincidências do desprefeito, ou será que a preparação para sua reeleição já começou?

    A licitação é parte do plano de Greca para terceirizar a saúde!

    E não é só isso, quando o assunto é terceirização, Greca joga sujo! Em janeiro, o SISMUC e o SIMEPAR ganharam uma ação na justiça que impediu o processo de licitação das Organizações Sociais (OSs), para a gestão das UPAs na cidade. Para a justiça, a Prefeitura não respeitou os prazos necessários para realizar o processo e tentou mais uma vez atropelar a licitação. Esse tipo de postura só mostra, mais uma vez, que a transparência com as terceirizações não passa de uma farsa.

    Em 2020, não podemos esquecer daqueles que têm nos retirado direitos e piorado nossas condições de vida em benefício próprio. Nas eleições é VAZA GRECA, VAZA PIER, VAZA BANCADA DO PACOTAÇO!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS