Sismac
  • 05 | 10 | 2020 - 10:04 Além dos muros da escola

    Quem quer mudança não troca 6 por meia dúzia

    Quem quer mudança não troca 6 por meia dúzia
    Greca e Francischini são farinha do mesmo saco e estão dispostos a tudo para destruir os serviços públicos
    Greca e Francischini são farinha do mesmo saco. Nos últimos anos, eles mostraram que governam em nome dos mais ricos e estão dispostos a tudo para destruir educação, saúde, assistência social e demais serviços públicos que atendem a população trabalhadora de nossa cidade.

    Greca é o desprefeito da destruição do serviço público. Já no início do seu mandato em 2017 usou da violência policial para retirar direitos dos servidores e servidoras. Jamais esqueceremos do massacre que Greca realizou na Ópera de Arame para tentar calar os trabalhadores que defenderam bravamente o serviço público. E isso não é tudo! Ele também iniciou os processos de terceirização e contratações precárias em Curitiba com o discurso de “economia” ao mesmo tempo que liberava dinheiro para os milionários empresários do transporte.

    E Francischini, o candidato do camburão, segue o mesmo projeto! Em 2015, ele era secretário de Segurança de Beto Richa e foi o responsável direto pelo massacre do dia 29 de abril contra os servidores estaduais que também lutavam pelos seus direitos e em defesa dos serviços públicos. O deputado não mede esforços para agradar os grandes empresários e políticos. Ele é alvo de investigações por caixa dois, já que Beto Richa teria repassado cerca de R$ 4 milhões para sua campanha em 2014.

    Os dois defendem o mesmo projeto autoritário. Querem detonar a qualidade dos serviços públicos para terceirizar, entregando uma oportunidade de lucro fácil aos grandes empresários. Por isso, nas eleições de 2020 os servidores têm um papel importante de dizer #VazaGreca #FrancischiniNemPensar!
  • 05 | 10 | 2020 - 10:04 Além dos muros da escola

    Quem quer mudança não troca 6 por meia dúzia

    Quem quer mudança não troca 6 por meia dúzia
    Greca e Francischini são farinha do mesmo saco e estão dispostos a tudo para destruir os serviços públicos
    Greca e Francischini são farinha do mesmo saco. Nos últimos anos, eles mostraram que governam em nome dos mais ricos e estão dispostos a tudo para destruir educação, saúde, assistência social e demais serviços públicos que atendem a população trabalhadora de nossa cidade.

    Greca é o desprefeito da destruição do serviço público. Já no início do seu mandato em 2017 usou da violência policial para retirar direitos dos servidores e servidoras. Jamais esqueceremos do massacre que Greca realizou na Ópera de Arame para tentar calar os trabalhadores que defenderam bravamente o serviço público. E isso não é tudo! Ele também iniciou os processos de terceirização e contratações precárias em Curitiba com o discurso de “economia” ao mesmo tempo que liberava dinheiro para os milionários empresários do transporte.

    E Francischini, o candidato do camburão, segue o mesmo projeto! Em 2015, ele era secretário de Segurança de Beto Richa e foi o responsável direto pelo massacre do dia 29 de abril contra os servidores estaduais que também lutavam pelos seus direitos e em defesa dos serviços públicos. O deputado não mede esforços para agradar os grandes empresários e políticos. Ele é alvo de investigações por caixa dois, já que Beto Richa teria repassado cerca de R$ 4 milhões para sua campanha em 2014.

    Os dois defendem o mesmo projeto autoritário. Querem detonar a qualidade dos serviços públicos para terceirizar, entregando uma oportunidade de lucro fácil aos grandes empresários. Por isso, nas eleições de 2020 os servidores têm um papel importante de dizer #VazaGreca #FrancischiniNemPensar!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS