Sismac
  • 03 | 12 | 2019 - 15:33 Além dos muros da escola

    Nota de solidariedade aos servidores estaduais em greve

    Nota de solidariedade aos servidores estaduais em greve
    Divulgação APP-Sindicato
    Servidores públicos estaduais entraram em greve no dia 2 de dezembro em defesa da aposentadoria e da educação

    Os sindicatos SISMMAC e SISMUC se solidarizam com a luta dos servidores públicos estaduais, que entraram em greve a partir do dia 2 de dezembro em defesa da aposentadoria e da educação.

    O governador Ratinho Jr, já se antecipando à PEC Paralela do governo Bolsonaro, enviou para a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) três projetos de lei que pretendem aumentar a idade mínima e acabar com a aposentadoria dos servidores estaduais.

    Na mobilização desta terça-feira (3), mesmo enfrentando gás de pimenta e repressão da Polícia Militar, os servidores conseguiram ocupar a Alep para exigir que Ratinho Jr retire da pauta os projetos que alteram a aposentadoria do funcionalismo público. 

    Outra reivindicação da mobilização da greve é a manutenção do Ensino Médio Noturno e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), que estão sendo ameaçadas por uma política de exclusão e desigualdade promovida pela Secretarial Estadual de Educação (SEED).

    A única saída para barrar os ataques é a resistência dos trabalhadores! Toda solidariedade à greve legítima dos servidores estaduais contra a retirada de direitos. Seguimos FIRMES na luta!

  • 03 | 12 | 2019 - 15:33 Além dos muros da escola

    Nota de solidariedade aos servidores estaduais em greve

    Nota de solidariedade aos servidores estaduais em greve
    Divulgação APP-Sindicato
    Servidores públicos estaduais entraram em greve no dia 2 de dezembro em defesa da aposentadoria e da educação

    Os sindicatos SISMMAC e SISMUC se solidarizam com a luta dos servidores públicos estaduais, que entraram em greve a partir do dia 2 de dezembro em defesa da aposentadoria e da educação.

    O governador Ratinho Jr, já se antecipando à PEC Paralela do governo Bolsonaro, enviou para a Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) três projetos de lei que pretendem aumentar a idade mínima e acabar com a aposentadoria dos servidores estaduais.

    Na mobilização desta terça-feira (3), mesmo enfrentando gás de pimenta e repressão da Polícia Militar, os servidores conseguiram ocupar a Alep para exigir que Ratinho Jr retire da pauta os projetos que alteram a aposentadoria do funcionalismo público. 

    Outra reivindicação da mobilização da greve é a manutenção do Ensino Médio Noturno e da Educação de Jovens e Adultos (EJA), que estão sendo ameaçadas por uma política de exclusão e desigualdade promovida pela Secretarial Estadual de Educação (SEED).

    A única saída para barrar os ataques é a resistência dos trabalhadores! Toda solidariedade à greve legítima dos servidores estaduais contra a retirada de direitos. Seguimos FIRMES na luta!

Notícias Relacionadas

Nenhum registro encontrado.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS