Sismac
  • 23 | 02 | 2021 - 09:57 Negociações

    Sindicatos cobram dados da Covid-19 na rede municipal de ensino

    Sindicatos cobram dados da Covid-19 na rede municipal de ensino
    Documento também solicita o número total de servidores de todas as áreas que perderam a vida em decorrência da Covid-19
    O SISMMAC e o SISMUC enviaram um ofício para a Prefeitura na tarde desta segunda-feira (22) cobrando os dados da Covid-19 na rede municipal de ensino de Curitiba, agora, com o retorno das aulas presenciais.

    Confira no box o ofício na íntegra.

    O ofício reivindica um boletim semanal com os profissionais que foram afastados do trabalho devido à Covid-19 e a quantidade total de trabalhadores da educação que já testaram positivo para a doença de fevereiro de 2020 até agora. O documento também solicita o número total de servidores municipais de todas as áreas que perderam a vida em decorrência da Covid-19.

    Como a gestão Greca tem evitado responder os ofícios encaminhados pelos sindicatos, já que desde o início de seu primeiro mandato, o prefeito foge da responsabilidade de negociar com os representantes dos trabalhadores do município, as direções do SISMMAC e do SISMUC recorreram aos vereadores da oposição para que os dados também sejam cobrados pela Câmara Municipal.

    Essa é uma forma de acompanharmos o avanço da doença entre trabalhadores da educação e comparar com o aumento de casos na cidade. Não há dúvida de que o retorno das aulas presenciais sem a vacinação dos trabalhadores acarretará mais pessoas contraindo o vírus e mais mortes na cidade. Um CMEI já foi fechado nesta segunda-feira (22) por causa da Covid-19. Agora, precisamos pressionar para o que a administração municipal tenha o mínimo de responsabilidade com a vida dos trabalhadores da educação, das crianças e das famílias e trate a vacinação dos servidores como uma prioridade do governo.

  • 23 | 02 | 2021 - 09:57 Negociações

    Sindicatos cobram dados da Covid-19 na rede municipal de ensino

    Sindicatos cobram dados da Covid-19 na rede municipal de ensino
    Documento também solicita o número total de servidores de todas as áreas que perderam a vida em decorrência da Covid-19
    O SISMMAC e o SISMUC enviaram um ofício para a Prefeitura na tarde desta segunda-feira (22) cobrando os dados da Covid-19 na rede municipal de ensino de Curitiba, agora, com o retorno das aulas presenciais.

    Confira no box o ofício na íntegra.

    O ofício reivindica um boletim semanal com os profissionais que foram afastados do trabalho devido à Covid-19 e a quantidade total de trabalhadores da educação que já testaram positivo para a doença de fevereiro de 2020 até agora. O documento também solicita o número total de servidores municipais de todas as áreas que perderam a vida em decorrência da Covid-19.

    Como a gestão Greca tem evitado responder os ofícios encaminhados pelos sindicatos, já que desde o início de seu primeiro mandato, o prefeito foge da responsabilidade de negociar com os representantes dos trabalhadores do município, as direções do SISMMAC e do SISMUC recorreram aos vereadores da oposição para que os dados também sejam cobrados pela Câmara Municipal.

    Essa é uma forma de acompanharmos o avanço da doença entre trabalhadores da educação e comparar com o aumento de casos na cidade. Não há dúvida de que o retorno das aulas presenciais sem a vacinação dos trabalhadores acarretará mais pessoas contraindo o vírus e mais mortes na cidade. Um CMEI já foi fechado nesta segunda-feira (22) por causa da Covid-19. Agora, precisamos pressionar para o que a administração municipal tenha o mínimo de responsabilidade com a vida dos trabalhadores da educação, das crianças e das famílias e trate a vacinação dos servidores como uma prioridade do governo.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS