Sismac
  • 13 | 09 | 2019 - 17:03 Negociações

    SME garante abertura de turmas do 6º ao 9º ano, mas sem ampliação

    SME garante abertura de turmas do 6º ao 9º ano, mas sem ampliação
    Segmento da categoria deve intensificar mobilização em defesa das séries finais junto com a comunidade

    A Secretaria Municipal de Educação (SME) garantiu a abertura de turmas do 6º ao 9º ano, mas mostrou que essa etapa do ensino fundamental não é uma prioridade para a Prefeitura. Esse foi um dos destaques da reunião entre a Prefeitura e os professores das 11 escolas que ofertam as séries finais do ensino fundamental da rede municipal. O encontro aconteceu nesta sexta-feira (13) depois de muita cobrança dos professores e da direção do SISMMAC.

    Segundo a SME, a administração só vai definir a dimensão da abertura de turmas de 6º ao 9º após fechamento do fluxo para 2020, junto com as escolas da rede estadual. Esse estudo está previsto para o final de outubro deste ano. Devemos ficar atentos diante dessa postura da Prefeitura, pois o município também tem o dever atender as demandas e as necessidades da comunidade. Ou seja, para garantir a abertura de mais vagas e turmas, vamos ter que intensificar ainda mais a pressão e a mobilização da comunidade e da categoria.

    Outro ponto importante da reunião foi que a Prefeitura assumiu o compromisso de verificar o atendimento dos alunos em salas de recursos e CMAEs, abrir matrículas para alunos que já estão no 5º em unidade que ofertam turmas de 6º ao 9º e garantir que as professoras e professores de Docência II que dão aula para as séries finais são exclusivamente da rede e devem trabalhar conforme a área de atuação específica.

    A Prefeitura apresentou um discurso para afirmar que as séries finais não serão abandonadas. No entanto, não é isso que temos observado na rede municipal. Entre 2018 e 2019, a Prefeitura fechou 18 turmas de 6º a 9º ano, sem dialogar com o Sindicato, nem com os professores. A desculpa é de que a demanda vem reduzindo e que essa etapa não é obrigação legal do município. Porém, as escolas da rede possuem grande procura de matrículas por parte da comunidade, que acredita no trabalho integrado e na qualidade do ensino da rede municipal.

    A pressão continua!

    Seguiremos firmes na luta em defesa do 6º ao 9º ano na rede municipal! Acreditamos na força da comunidade e vamos continuar distribuindo materiais e recolhendo assinaturas. Os abaixo-assinados e a pauta de reivindicações serão entregues para a Prefeitura no dia 30 setembro. Clique no box ao lado para fazer o download do abaixo-assinado!

    Firmes!

  • 13 | 09 | 2019 - 17:03 Negociações

    SME garante abertura de turmas do 6º ao 9º ano, mas sem ampliação

    SME garante abertura de turmas do 6º ao 9º ano, mas sem ampliação
    Segmento da categoria deve intensificar mobilização em defesa das séries finais junto com a comunidade

    A Secretaria Municipal de Educação (SME) garantiu a abertura de turmas do 6º ao 9º ano, mas mostrou que essa etapa do ensino fundamental não é uma prioridade para a Prefeitura. Esse foi um dos destaques da reunião entre a Prefeitura e os professores das 11 escolas que ofertam as séries finais do ensino fundamental da rede municipal. O encontro aconteceu nesta sexta-feira (13) depois de muita cobrança dos professores e da direção do SISMMAC.

    Segundo a SME, a administração só vai definir a dimensão da abertura de turmas de 6º ao 9º após fechamento do fluxo para 2020, junto com as escolas da rede estadual. Esse estudo está previsto para o final de outubro deste ano. Devemos ficar atentos diante dessa postura da Prefeitura, pois o município também tem o dever atender as demandas e as necessidades da comunidade. Ou seja, para garantir a abertura de mais vagas e turmas, vamos ter que intensificar ainda mais a pressão e a mobilização da comunidade e da categoria.

    Outro ponto importante da reunião foi que a Prefeitura assumiu o compromisso de verificar o atendimento dos alunos em salas de recursos e CMAEs, abrir matrículas para alunos que já estão no 5º em unidade que ofertam turmas de 6º ao 9º e garantir que as professoras e professores de Docência II que dão aula para as séries finais são exclusivamente da rede e devem trabalhar conforme a área de atuação específica.

    A Prefeitura apresentou um discurso para afirmar que as séries finais não serão abandonadas. No entanto, não é isso que temos observado na rede municipal. Entre 2018 e 2019, a Prefeitura fechou 18 turmas de 6º a 9º ano, sem dialogar com o Sindicato, nem com os professores. A desculpa é de que a demanda vem reduzindo e que essa etapa não é obrigação legal do município. Porém, as escolas da rede possuem grande procura de matrículas por parte da comunidade, que acredita no trabalho integrado e na qualidade do ensino da rede municipal.

    A pressão continua!

    Seguiremos firmes na luta em defesa do 6º ao 9º ano na rede municipal! Acreditamos na força da comunidade e vamos continuar distribuindo materiais e recolhendo assinaturas. Os abaixo-assinados e a pauta de reivindicações serão entregues para a Prefeitura no dia 30 setembro. Clique no box ao lado para fazer o download do abaixo-assinado!

    Firmes!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS