Sismac
  • 05 | 11 | 2019 - 10:07 Carreira

    Projeto de Greca congela carreira até 2021, reduz salários e direitos

    Projeto de Greca congela carreira até 2021, reduz salários e direitos
    Prefeitura envia ataques à Câmara Municipal para serem aprovados em novembro

    O primeiro projeto prorroga o congelamento dos planos de carreira até 31 de dezembro de 2021; o segundo ataca o direito de organização sindical reduzindo para no máximo 6 dirigentes as liberações dos sindicatos; o terceiro projeto extingue 31 cargos da Fundação Cultural de Curitiba, da Fundação de Ação Social, do Instituto Municipal de Administração Pública e do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba e o quarto mantém a redução salarial com a proposta de reajuste de 3,5%.

    Os ataques são graves e devem ser respondidos com mobilização e resistência do conjunto das servidoras e servidores municipais.

    As direções dos sindicatos e os departamentos jurídicos das entidades já iniciaram a análise do estudo sobre a reestruturação da carreira e sobre os projetos de lei protocolados na Câmara Municipal.

    O pontapé para a organização da luta contra esses ataques será nas reuniões do Conselho de Representantes do SISMUC que acontece nesta terça (5) e do SISMMAC na quarta-feira (6). Garanta a participação do seu local de trabalho e venha definir as próximas ações para enfrentar mais esse ataque!

    Além disso, uma assembleia unificada de todo o funcionalismo municipal será convocada em caráter de urgência. A categoria já está em estado de mobilização e assembleia permanente, aprovado no dia 31 de outubro, para dar agilidade à organização da luta do conjunto do funcionalismo municipal.

    Organize sua escola e venha amanhã para o Conselho de Representantes!

  • 05 | 11 | 2019 - 10:07 Carreira

    Projeto de Greca congela carreira até 2021, reduz salários e direitos

    Projeto de Greca congela carreira até 2021, reduz salários e direitos
    Prefeitura envia ataques à Câmara Municipal para serem aprovados em novembro

    O primeiro projeto prorroga o congelamento dos planos de carreira até 31 de dezembro de 2021; o segundo ataca o direito de organização sindical reduzindo para no máximo 6 dirigentes as liberações dos sindicatos; o terceiro projeto extingue 31 cargos da Fundação Cultural de Curitiba, da Fundação de Ação Social, do Instituto Municipal de Administração Pública e do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba e o quarto mantém a redução salarial com a proposta de reajuste de 3,5%.

    Os ataques são graves e devem ser respondidos com mobilização e resistência do conjunto das servidoras e servidores municipais.

    As direções dos sindicatos e os departamentos jurídicos das entidades já iniciaram a análise do estudo sobre a reestruturação da carreira e sobre os projetos de lei protocolados na Câmara Municipal.

    O pontapé para a organização da luta contra esses ataques será nas reuniões do Conselho de Representantes do SISMUC que acontece nesta terça (5) e do SISMMAC na quarta-feira (6). Garanta a participação do seu local de trabalho e venha definir as próximas ações para enfrentar mais esse ataque!

    Além disso, uma assembleia unificada de todo o funcionalismo municipal será convocada em caráter de urgência. A categoria já está em estado de mobilização e assembleia permanente, aprovado no dia 31 de outubro, para dar agilidade à organização da luta do conjunto do funcionalismo municipal.

    Organize sua escola e venha amanhã para o Conselho de Representantes!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS