Sismac

Notícias | Ed. Infantil

Imprimir
  • Trabalhadoras de CMEIs de São José dos Pinhais aprovam greve
    05 | 02 | 2016 - 15:23 Ed. Infantil

    Trabalhadoras de CMEIs de São José dos Pinhais aprovam greve

    Greve será iniciada no dia 15 de fevereiro e reivindica melhores condições de trabalho

    As trabalhadoras dos CMEIs de São José dos Pinhais entrarão em greve a partir do dia 15 de fevereiro. A decisão foi tirada em assembleia, realizada no dia 2 de fevereiro, devido às inúmeras reivindicações do segmento que não foram atendidas pelo prefeito da cidade, Luiz Carlos Setim (DEM).

    A realidade das profissionais de São José dos Pinhais não difere muito da nossa aqui na rede municipal de ensino de Curitiba. Essas servidoras também enfrentam número excessivo de crianças por profissional, cobrança de diversas atividades de magistério sem possibilidade de hora-atividade, e desvalorização por parte da Prefeitura.

    As trabalhadoras reivindicam a separação do cargo de educador entre educação e assistência social, hora-atividade para educadoras e atendentes de creche e o cumprimento da resolução 02/2015, que trata do número de alunos por profissional.

    Cidades diferentes, mas os mesmos problemas. Isso porque em diversos municípios do Paraná e do Brasil, os governos têm retirado direitos dos trabalhadores e precarizado o acesso à serviços de educação e saúde do conjunto da população, para honrar com compromissos firmados com bancos e empresários.

    Apesar do cenário difícil, já pudemos ver, em muitos momentos, que somente quando nos colocamos em movimento e cruzamos os nossos braços é que conseguimos de fato arrancar conquistas das administrações municipais.

    Por isso, a direção do SISMMAC e o conjunto das professoras e professores da rede municipal de Curitiba apoiam a luta das trabalhadoras de CMEIs de São José dos Pinhais. Juntos somos mais fortes! Vamos à luta!

Imprimir
  • 05 | 02 | 2016 - 15:23 Ed. Infantil
    Trabalhadoras de CMEIs de São José dos Pinhais aprovam greve

    Trabalhadoras de CMEIs de São José dos Pinhais aprovam greve

    Greve será iniciada no dia 15 de fevereiro e reivindica melhores condições de trabalho

    As trabalhadoras dos CMEIs de São José dos Pinhais entrarão em greve a partir do dia 15 de fevereiro. A decisão foi tirada em assembleia, realizada no dia 2 de fevereiro, devido às inúmeras reivindicações do segmento que não foram atendidas pelo prefeito da cidade, Luiz Carlos Setim (DEM).

    A realidade das profissionais de São José dos Pinhais não difere muito da nossa aqui na rede municipal de ensino de Curitiba. Essas servidoras também enfrentam número excessivo de crianças por profissional, cobrança de diversas atividades de magistério sem possibilidade de hora-atividade, e desvalorização por parte da Prefeitura.

    As trabalhadoras reivindicam a separação do cargo de educador entre educação e assistência social, hora-atividade para educadoras e atendentes de creche e o cumprimento da resolução 02/2015, que trata do número de alunos por profissional.

    Cidades diferentes, mas os mesmos problemas. Isso porque em diversos municípios do Paraná e do Brasil, os governos têm retirado direitos dos trabalhadores e precarizado o acesso à serviços de educação e saúde do conjunto da população, para honrar com compromissos firmados com bancos e empresários.

    Apesar do cenário difícil, já pudemos ver, em muitos momentos, que somente quando nos colocamos em movimento e cruzamos os nossos braços é que conseguimos de fato arrancar conquistas das administrações municipais.

    Por isso, a direção do SISMMAC e o conjunto das professoras e professores da rede municipal de Curitiba apoiam a luta das trabalhadoras de CMEIs de São José dos Pinhais. Juntos somos mais fortes! Vamos à luta!

Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS