Sismac

Notícias | Formação

Imprimir
  • Cuidar dos filhos e da casa: de quem é a responsabilidade?
    20 | 03 | 2018 - 16:26 Informe-se

    Cuidar dos filhos e da casa: de quem é a responsabilidade?

    A professora Terezinha Martins dos Santos Souza fala sobre a importância de avançar na divisão igualitária dessas tarefas

    Como o cuidado com as crianças e as tarefas domésticas são divididas na sua casa?

    8 de março: uma data de luta!

    O SISMMAC, junto com outras entidades e coletivos, produziu um vídeo que conta um pouco sobre a história do 8 de março que, na verdade, tem muito mais a ver com luta do que com uma data comercial, como a mídia quer nos fazer acreditar.

    Clique aqui para assistir!
    No vídeo, a professora Terezinha Martins dos Santos Souza, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), fala sobre a importância de avançar na divisão igualitária dessas tarefas entre homens e mulheres.

    E é preciso ir além!As tarefas necessárias para a criação das crianças e reprodução da vida devem ser transformadas em responsabilidade coletiva, de toda a sociedade.

    Terezinha é coordenadora do Núcleo de Estudos de Trabalho, Raça/Etnia e Gênero (Negrem) e participou do debate realizado no SISMMAC no último dia 15 de março.

Imprimir
  • 20 | 03 | 2018 - 16:26 Informe-se
    Cuidar dos filhos e da casa: de quem é a responsabilidade?

    Cuidar dos filhos e da casa: de quem é a responsabilidade?

    A professora Terezinha Martins dos Santos Souza fala sobre a importância de avançar na divisão igualitária dessas tarefas

    Como o cuidado com as crianças e as tarefas domésticas são divididas na sua casa?

    8 de março: uma data de luta!

    O SISMMAC, junto com outras entidades e coletivos, produziu um vídeo que conta um pouco sobre a história do 8 de março que, na verdade, tem muito mais a ver com luta do que com uma data comercial, como a mídia quer nos fazer acreditar.

    Clique aqui para assistir!
    No vídeo, a professora Terezinha Martins dos Santos Souza, da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio), fala sobre a importância de avançar na divisão igualitária dessas tarefas entre homens e mulheres.

    E é preciso ir além!As tarefas necessárias para a criação das crianças e reprodução da vida devem ser transformadas em responsabilidade coletiva, de toda a sociedade.

    Terezinha é coordenadora do Núcleo de Estudos de Trabalho, Raça/Etnia e Gênero (Negrem) e participou do debate realizado no SISMMAC no último dia 15 de março.

Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS