Sismac
  • 11 | 11 | 2021 - 16:36 Informe-se

    Campanha contra a Reforma da Previdência segue a todo vapor

    Campanha contra a Reforma da Previdência segue a todo vapor
    Qualquer pessoa com título de eleitor em Curitiba pode e deve participar!

    Estamos firmes na campanha para coleta de assinaturas para incluir a retirada da Reforma da Previdência da Lei Orgânica do Município (LOM) através referendo popular que poderá acontecer em outubro de 2022. Se cada servidor assinar a folha e conseguir mais uma, duas assinaturas chegaremos às 100 mil assinaturas!

    Após a coleta de assinaturas, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) precisa acatar o pedido caso haja a confirmação do referendo o Projeto de Lei aprovado fica em suspenso. Isso quer dizer que não poderá ser aplicado até que saia o resultado do referendo em 2022.

    Participe da campanha, converse com seus vizinhos e familiares e colete o máximo de assinaturas que conseguir, vamos ultrapassar o número mínimo e chegar a mais de 100 mil trabalhadores e trabalhadoras indignadas com a Reforma da Previdência! O formulário está disponível para impressão em https://bit.ly/ReferendoPopular

    E quem tiver dificuldade para imprimir deve entrar em contato com os sindicatos para providenciarmos a entrega das folhas. Após a coleta das assinaturas, as folhas assinadas devem ser entregues nos sindicatos. Nosso prazo é até dia 26 de novembro, para termos tempo hábil para conferir e encaminhar as folhas assinadas e o pedido de realização do referendo para o TRE.

     Nossa luta continua! Projeto foi aprovado sob protesto dos servidores

    A Reforma da Previdência foi aprovado pela maioria dos vereadores em sessão híbrida realizada no último dia 26 de outubro. Devido a mobilização dos servidores conseguimos mais dois votos a favor dos trabalhadores na segunda votação do projeto, porém o número não foi suficiente para barrar o ataque.

    Os servidores municipais não pararam de trabalhar e deram seu máximo durante a pandemia. Muitos arriscaram suas vidas atuando na linha de frente para garantir atendimento de qualidade à população, mas infelizmente a resposta da gestão Greca e da maioria dos vereadores para todo esforço e dedicação é a total desvalorização: com o aumento da idade mínima para aposentadoria, a descapitalização do Instituto de Previdência e a cobrança de uma contribuição previdência dos aposentados que recebem mais de um salário mínimo, o que na prática reduzirá o salário de quem está aposentado, em um período de alta da inflação e crise econômica

    É fundamental que todos os servidores, da ativa e aposentados, se somem nesta campanha. Não podemos aceitar que os servidores tenham que arcar com os prejuízos causados pela má gestão do IPMC. Unidos somos fortes!

  • 11 | 11 | 2021 - 16:36 Informe-se

    Campanha contra a Reforma da Previdência segue a todo vapor

    Campanha contra a Reforma da Previdência segue a todo vapor
    Qualquer pessoa com título de eleitor em Curitiba pode e deve participar!

    Estamos firmes na campanha para coleta de assinaturas para incluir a retirada da Reforma da Previdência da Lei Orgânica do Município (LOM) através referendo popular que poderá acontecer em outubro de 2022. Se cada servidor assinar a folha e conseguir mais uma, duas assinaturas chegaremos às 100 mil assinaturas!

    Após a coleta de assinaturas, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) precisa acatar o pedido caso haja a confirmação do referendo o Projeto de Lei aprovado fica em suspenso. Isso quer dizer que não poderá ser aplicado até que saia o resultado do referendo em 2022.

    Participe da campanha, converse com seus vizinhos e familiares e colete o máximo de assinaturas que conseguir, vamos ultrapassar o número mínimo e chegar a mais de 100 mil trabalhadores e trabalhadoras indignadas com a Reforma da Previdência! O formulário está disponível para impressão em https://bit.ly/ReferendoPopular

    E quem tiver dificuldade para imprimir deve entrar em contato com os sindicatos para providenciarmos a entrega das folhas. Após a coleta das assinaturas, as folhas assinadas devem ser entregues nos sindicatos. Nosso prazo é até dia 26 de novembro, para termos tempo hábil para conferir e encaminhar as folhas assinadas e o pedido de realização do referendo para o TRE.

     Nossa luta continua! Projeto foi aprovado sob protesto dos servidores

    A Reforma da Previdência foi aprovado pela maioria dos vereadores em sessão híbrida realizada no último dia 26 de outubro. Devido a mobilização dos servidores conseguimos mais dois votos a favor dos trabalhadores na segunda votação do projeto, porém o número não foi suficiente para barrar o ataque.

    Os servidores municipais não pararam de trabalhar e deram seu máximo durante a pandemia. Muitos arriscaram suas vidas atuando na linha de frente para garantir atendimento de qualidade à população, mas infelizmente a resposta da gestão Greca e da maioria dos vereadores para todo esforço e dedicação é a total desvalorização: com o aumento da idade mínima para aposentadoria, a descapitalização do Instituto de Previdência e a cobrança de uma contribuição previdência dos aposentados que recebem mais de um salário mínimo, o que na prática reduzirá o salário de quem está aposentado, em um período de alta da inflação e crise econômica

    É fundamental que todos os servidores, da ativa e aposentados, se somem nesta campanha. Não podemos aceitar que os servidores tenham que arcar com os prejuízos causados pela má gestão do IPMC. Unidos somos fortes!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS