Sismac
  • 30 | 09 | 2021 - 21:29 Mobilização

    Greve do basta: servidores cruzam os braços no dia 15 de outubro

    Greve do basta: servidores cruzam os braços no dia 15 de outubro
    Trabalhadores exigem dignidade com aqueles que atendem cotidianamente toda a população curitibana

    As servidoras e servidores municipais de Curitiba entrarão em greve a partir do dia 15 de outubro contra os ataques do desprefeito Rafael Greca. A assembleia realizada na noite desta quinta-feira (30) decidiu pela paralisação contra a redução salarial, em defesa da dignidade dos servidores e contra os ataques orquestrados pela administração municipal e sua bancada de apoio na Câmara de Vereadores.

    Calendário de Mobilização dos Servidores de Curitiba

    2 de outubro | Ato Fora, Bolsonaro! na Santos Andrade, às 16h

    8 de outubro | Mobilização nos locais de trabalho denunciando a redução de salário, com panfletagem informando a população sobre os motivos da nossa paralisação

    15 de outubro | Greve dos servidores municipais de Curitiba

    Ações para pressionar a Prefeitura

    - Durante a próxima semana | Fotos com camisetas pretas nos locais de trabalho em luto pela retirada de direitos

    - Spots de rádio / carros de som nos bairros denunciando os desmandos de Greca;

    - Agenda com vereadores para intermediar reunião com prefeito;

    - Mobilização nas redes sociais da Prefeitura denunciando a desvalorização dos servidores.
    Greca quer tirar a todo custo a reposição da inflação de 3,14% de 2020, aumentar o tempo para aposentadoria dos servidores da ativa, confiscar os proventos e benefícios dos aposentados e pensionistas e acabar com qualquer possibilidade de plano de carreira no município.

    Apesar de ter anunciado na noite de quarta-feira (29) que pagaria o reajuste em folha suplementar no dia 13 de outubro, a gestão municipal fez de tudo para derrubar a liminar conquistada pelos sindicatos e retirar o pouco que os servidores garantiram no último período. Ao mesmo tempo, Greca utiliza sua base de apoio para confiscar a aposentadoria dos servidores e aumentar em até sete anos a idade mínima para a aposentadoria dos servidores da ativa.

    Para além desses itens centrais, os trabalhadores do município estarão mobilizados, em assembleia permanente, pela pauta salarial do conjunto da categoria há anos negligenciada pela gestão Greca.

    É muito importante que todos os servidores ajudem a mobilizar seus locais de trabalho, usem a camiseta preta da Campanha de Lutas 2021, participem da panfletagem para conversar com a população e explicar os motivos da nossa greve e estejam presentes nas atividades convocadas pelos sindicatos. Unidos Somos Fortes!

  • 30 | 09 | 2021 - 21:29 Mobilização

    Greve do basta: servidores cruzam os braços no dia 15 de outubro

    Greve do basta: servidores cruzam os braços no dia 15 de outubro
    Trabalhadores exigem dignidade com aqueles que atendem cotidianamente toda a população curitibana

    As servidoras e servidores municipais de Curitiba entrarão em greve a partir do dia 15 de outubro contra os ataques do desprefeito Rafael Greca. A assembleia realizada na noite desta quinta-feira (30) decidiu pela paralisação contra a redução salarial, em defesa da dignidade dos servidores e contra os ataques orquestrados pela administração municipal e sua bancada de apoio na Câmara de Vereadores.

    Calendário de Mobilização dos Servidores de Curitiba

    2 de outubro | Ato Fora, Bolsonaro! na Santos Andrade, às 16h

    8 de outubro | Mobilização nos locais de trabalho denunciando a redução de salário, com panfletagem informando a população sobre os motivos da nossa paralisação

    15 de outubro | Greve dos servidores municipais de Curitiba

    Ações para pressionar a Prefeitura

    - Durante a próxima semana | Fotos com camisetas pretas nos locais de trabalho em luto pela retirada de direitos

    - Spots de rádio / carros de som nos bairros denunciando os desmandos de Greca;

    - Agenda com vereadores para intermediar reunião com prefeito;

    - Mobilização nas redes sociais da Prefeitura denunciando a desvalorização dos servidores.
    Greca quer tirar a todo custo a reposição da inflação de 3,14% de 2020, aumentar o tempo para aposentadoria dos servidores da ativa, confiscar os proventos e benefícios dos aposentados e pensionistas e acabar com qualquer possibilidade de plano de carreira no município.

    Apesar de ter anunciado na noite de quarta-feira (29) que pagaria o reajuste em folha suplementar no dia 13 de outubro, a gestão municipal fez de tudo para derrubar a liminar conquistada pelos sindicatos e retirar o pouco que os servidores garantiram no último período. Ao mesmo tempo, Greca utiliza sua base de apoio para confiscar a aposentadoria dos servidores e aumentar em até sete anos a idade mínima para a aposentadoria dos servidores da ativa.

    Para além desses itens centrais, os trabalhadores do município estarão mobilizados, em assembleia permanente, pela pauta salarial do conjunto da categoria há anos negligenciada pela gestão Greca.

    É muito importante que todos os servidores ajudem a mobilizar seus locais de trabalho, usem a camiseta preta da Campanha de Lutas 2021, participem da panfletagem para conversar com a população e explicar os motivos da nossa greve e estejam presentes nas atividades convocadas pelos sindicatos. Unidos Somos Fortes!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS