Sismac
  • 30 | 09 | 2021 - 17:55 Mobilização

    Justiça define contra servidores e suspende o reajuste de 3,14%

    Justiça define contra servidores e suspende o reajuste de 3,14%
    Decisão de desembargador após recurso da Prefeitura mostra que a justiça não está ao lado do trabalhador

    A gestão Greca recorreu ao Tribunal de Justiça para derrubar a liminar que garantia o reajuste de 3,14% concedido em 2020 aos servidores municipais e que foi suspenso de forma arbitrária, por decreto, pela gestão este mês.

    Inicialmente, os servidores conquistaram a vitória em primeira instância no dia 20 de setembro, garantindo o pagamento do reajuste. No entanto, a Prefeitura recorreu da decisão e o desembargador Ramon de Medeiros Nogueira suspendeu a decisão favorável aos servidores.

    A decisão de segunda instância ainda deverá ser analisada pelo colegiado da 5ª Câmara Cível. Portanto, a batalha judicial continua.

    No entanto, essa decisão mostra, mais uma vez, que a confiança dos trabalhadores não pode estar apenas no judiciário. A nossa vitória tem que vir da mobilização e da luta. Foi com a organização e a união dos trabalhadores que os direitos foram duramente conquistados e mantidos. Nada foi dado de graça à classe trabalhadora, por isso, o nosso foco é na organização e mobilização!

    O SISMUC e do SISMMAC convocam os servidores e servidoras para a assembleia unificada, logo mais, às 19h, para definir em conjunto as ações da luta contra esse grave ataque do desgoverno Greca e da campanha da data-base. A assembleia será realizada pela plataforma Zoom e é necessário fazer um rápido cadastro em https://bit.ly/AssembleiaDataBase

  • 30 | 09 | 2021 - 17:55 Mobilização

    Justiça define contra servidores e suspende o reajuste de 3,14%

    Justiça define contra servidores e suspende o reajuste de 3,14%
    Decisão de desembargador após recurso da Prefeitura mostra que a justiça não está ao lado do trabalhador

    A gestão Greca recorreu ao Tribunal de Justiça para derrubar a liminar que garantia o reajuste de 3,14% concedido em 2020 aos servidores municipais e que foi suspenso de forma arbitrária, por decreto, pela gestão este mês.

    Inicialmente, os servidores conquistaram a vitória em primeira instância no dia 20 de setembro, garantindo o pagamento do reajuste. No entanto, a Prefeitura recorreu da decisão e o desembargador Ramon de Medeiros Nogueira suspendeu a decisão favorável aos servidores.

    A decisão de segunda instância ainda deverá ser analisada pelo colegiado da 5ª Câmara Cível. Portanto, a batalha judicial continua.

    No entanto, essa decisão mostra, mais uma vez, que a confiança dos trabalhadores não pode estar apenas no judiciário. A nossa vitória tem que vir da mobilização e da luta. Foi com a organização e a união dos trabalhadores que os direitos foram duramente conquistados e mantidos. Nada foi dado de graça à classe trabalhadora, por isso, o nosso foco é na organização e mobilização!

    O SISMUC e do SISMMAC convocam os servidores e servidoras para a assembleia unificada, logo mais, às 19h, para definir em conjunto as ações da luta contra esse grave ataque do desgoverno Greca e da campanha da data-base. A assembleia será realizada pela plataforma Zoom e é necessário fazer um rápido cadastro em https://bit.ly/AssembleiaDataBase

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS