Sismac
  • 21 | 01 | 2021 - 14:09 Informe-se

    Sem kits de alimentação em janeiro, crianças estão desassistidas

    Sem kits de alimentação em janeiro, crianças estão desassistidas
    Mesmo com aumento da demanda por kits, Greca não organizou campanha de alimentação para compensar férias das escolas

    As férias de janeiro de 2021 têm imposto mais um problema para uma parte considerável das famílias com filhos matriculados na rede municipal de ensino: não há distribuição de kit alimentação durante todo este mês.

    Ou seja, muitas famílias devem estar ainda mais desassistidas neste mês devido à pandemia, o aumento do desemprego no último período e os cortes nos salários promovidos pelos patrões com a autorização do governo.

    E, mesmo sabendo que esse era um cenário possível, a gestão Greca não empenhou esforços para executar alguma ação junto à Assistência Social para socorrer esses estudantes e suas famílias durante as férias.

    Apenas aqueles alunos que possuem algum cadastro em programas da assistência, como é o caso do Bolsa Família, devem ter um auxílio do Estado durante esse mês, os demais que não possuíam vínculo com esses programas antes da pandemia e passaram a depender do kit alimentação devido ao desemprego e ao aumento da miséria estão completamente desassistidos pelo governo.

    De acordo com o Relatório de entrega dos Kits de alimentação escolar, de maio a novembro de 2020, houve um aumento de três mil alunos matriculados na rede municipal de ensino durante a pandemia. E a procura pelos kits alimentação também aumentou. Em maio, 113.480 kits foram distribuídos. Em novembro, esse número passou a ser de 120.263 retiradas. Com isso, podemos concluir que, para além de mais alunos matriculados na rede, mesmo aqueles que já eram estudantes do ensino público e não estavam buscando os kits passaram a precisar da cesta de alimentos distribuídas nas escolas e CMEIs.

    Ou seja, mesmo com os dados em mãos, o desprefeito Greca e sua equipe lavam as mãos para os estudantes da rede que dependem também do kit alimentação para ter comida em casa e não promoveram nenhuma campanha ou ação especial durante as férias. É política desse desgoverno intensificar a miséria entre os trabalhadores!

    Comitê de Solidariedade e Combate à Covid-19 precisa de doações!

    Diante deste cenário, o Comitê de Solidariedade e Combate à Covid-19 precisa de doações! Precisamos de alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e higiene pessoal. O SISMMAC, que funciona das 12h às 16h em janeiro, é um ponto de entrega das doações. O Sindicato fica na Rua Nunes Machado, 1644, no Rebouças.

    Essa ação de solidariedade se soma à luta pela ampliação das políticas públicas que garantam sustento a quem está desempregado ou na informalidade. Seguimos firmes na luta em defesa de nossos direitos!

  • 21 | 01 | 2021 - 14:09 Informe-se

    Sem kits de alimentação em janeiro, crianças estão desassistidas

    Sem kits de alimentação em janeiro, crianças estão desassistidas
    Mesmo com aumento da demanda por kits, Greca não organizou campanha de alimentação para compensar férias das escolas

    As férias de janeiro de 2021 têm imposto mais um problema para uma parte considerável das famílias com filhos matriculados na rede municipal de ensino: não há distribuição de kit alimentação durante todo este mês.

    Ou seja, muitas famílias devem estar ainda mais desassistidas neste mês devido à pandemia, o aumento do desemprego no último período e os cortes nos salários promovidos pelos patrões com a autorização do governo.

    E, mesmo sabendo que esse era um cenário possível, a gestão Greca não empenhou esforços para executar alguma ação junto à Assistência Social para socorrer esses estudantes e suas famílias durante as férias.

    Apenas aqueles alunos que possuem algum cadastro em programas da assistência, como é o caso do Bolsa Família, devem ter um auxílio do Estado durante esse mês, os demais que não possuíam vínculo com esses programas antes da pandemia e passaram a depender do kit alimentação devido ao desemprego e ao aumento da miséria estão completamente desassistidos pelo governo.

    De acordo com o Relatório de entrega dos Kits de alimentação escolar, de maio a novembro de 2020, houve um aumento de três mil alunos matriculados na rede municipal de ensino durante a pandemia. E a procura pelos kits alimentação também aumentou. Em maio, 113.480 kits foram distribuídos. Em novembro, esse número passou a ser de 120.263 retiradas. Com isso, podemos concluir que, para além de mais alunos matriculados na rede, mesmo aqueles que já eram estudantes do ensino público e não estavam buscando os kits passaram a precisar da cesta de alimentos distribuídas nas escolas e CMEIs.

    Ou seja, mesmo com os dados em mãos, o desprefeito Greca e sua equipe lavam as mãos para os estudantes da rede que dependem também do kit alimentação para ter comida em casa e não promoveram nenhuma campanha ou ação especial durante as férias. É política desse desgoverno intensificar a miséria entre os trabalhadores!

    Comitê de Solidariedade e Combate à Covid-19 precisa de doações!

    Diante deste cenário, o Comitê de Solidariedade e Combate à Covid-19 precisa de doações! Precisamos de alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e higiene pessoal. O SISMMAC, que funciona das 12h às 16h em janeiro, é um ponto de entrega das doações. O Sindicato fica na Rua Nunes Machado, 1644, no Rebouças.

    Essa ação de solidariedade se soma à luta pela ampliação das políticas públicas que garantam sustento a quem está desempregado ou na informalidade. Seguimos firmes na luta em defesa de nossos direitos!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS