Sismac
  • 18 | 12 | 2020 - 19:11 Mobilização

    Sem reunião final do Comitê, Greca lança protocolo de volta às aulas

    Sem reunião final do Comitê, Greca lança protocolo de volta às aulas
    Membros do Comitê não tiveram acesso ao protocolo apresentado e reunião de anuência do documento ainda não ocorreu

    Na tarde desta sexta-feira (18), as direções do SISMMAC e do SISMUC foram surpreendidas por uma transmissão ao vivo realizada pela gestão Greca sobre o protocolo de volta às aulas na rede municipal de Curitiba. Durante a live, o desprefeito afirmou que o documento estava finalizado e a secretária de Educação citou os nomes dos integrantes do Comitê de Volta às Aulas em agradecimento, inclusive dos diretores sindicais que compõem o Comitê.

    As professoras e professores da rede querem valorização e não agradecimento de quem não tem respeito nenhum pela educação. E o desrespeito de Greca está óbvio ao divulgar a versão final de um protocolo que nem ao menos passou pelos representantes dos sindicatos no Comitê. A Superintendente de Educação afirmou durante as reuniões que, após a análise do protocolo pelo Comitê de Ética Médica, o documento voltaria ao Comitê de volta às aulas para a aprovação ou reprovação dos participantes antes da publicação.

    O anúncio de Greca é absurdo. Um exemplo disso é que um dos itens do protocolo, o Termo de Consentimento, jamais foi debatido nas reuniões do Comitê. Com o Termo, a Prefeitura tenta fugir da sua obrigação e joga para as famílias a responsabilidade do envio dos alunos para as unidades escolares.

    A reunião para aprovação do protocolo ainda não aconteceu, entretanto, a Prefeitura passa mais uma vez por cima da gestão democrática para fazer propaganda em cima de um protocolo que não foi aprovado.

    O lançamento do documento sem o conhecimento dos integrantes do Comitê de volta às aulas é um desrespeito e faz parte da política autoritária da gestão Greca. Por isso, reafirmamos que esse protocolo não tem aprovação por parte do SISMMAC e do SISMUC e nem mesmo do Comitê, pois a reunião final não foi realizada.

    Após o anúncio de Greca e a cobrança das entidades, os representantes da Prefeitura entraram em contato com os sindicatos para, enfim, marcar a última reunião do ano do Comitê, que acontece apenas na próxima segunda-feira (21).

    Indicativo de Greve

    Com esse anúncio no apagar das luzes do ano letivo de 2020, o SISMMAC e o SISMUC apontam uma assembleia para deliberar sobre indicativo de greve logo no início de fevereiro. Não toleraremos mais desrespeito da gestão Greca!

  • 18 | 12 | 2020 - 19:11 Mobilização

    Sem reunião final do Comitê, Greca lança protocolo de volta às aulas

    Sem reunião final do Comitê, Greca lança protocolo de volta às aulas
    Membros do Comitê não tiveram acesso ao protocolo apresentado e reunião de anuência do documento ainda não ocorreu

    Na tarde desta sexta-feira (18), as direções do SISMMAC e do SISMUC foram surpreendidas por uma transmissão ao vivo realizada pela gestão Greca sobre o protocolo de volta às aulas na rede municipal de Curitiba. Durante a live, o desprefeito afirmou que o documento estava finalizado e a secretária de Educação citou os nomes dos integrantes do Comitê de Volta às Aulas em agradecimento, inclusive dos diretores sindicais que compõem o Comitê.

    As professoras e professores da rede querem valorização e não agradecimento de quem não tem respeito nenhum pela educação. E o desrespeito de Greca está óbvio ao divulgar a versão final de um protocolo que nem ao menos passou pelos representantes dos sindicatos no Comitê. A Superintendente de Educação afirmou durante as reuniões que, após a análise do protocolo pelo Comitê de Ética Médica, o documento voltaria ao Comitê de volta às aulas para a aprovação ou reprovação dos participantes antes da publicação.

    O anúncio de Greca é absurdo. Um exemplo disso é que um dos itens do protocolo, o Termo de Consentimento, jamais foi debatido nas reuniões do Comitê. Com o Termo, a Prefeitura tenta fugir da sua obrigação e joga para as famílias a responsabilidade do envio dos alunos para as unidades escolares.

    A reunião para aprovação do protocolo ainda não aconteceu, entretanto, a Prefeitura passa mais uma vez por cima da gestão democrática para fazer propaganda em cima de um protocolo que não foi aprovado.

    O lançamento do documento sem o conhecimento dos integrantes do Comitê de volta às aulas é um desrespeito e faz parte da política autoritária da gestão Greca. Por isso, reafirmamos que esse protocolo não tem aprovação por parte do SISMMAC e do SISMUC e nem mesmo do Comitê, pois a reunião final não foi realizada.

    Após o anúncio de Greca e a cobrança das entidades, os representantes da Prefeitura entraram em contato com os sindicatos para, enfim, marcar a última reunião do ano do Comitê, que acontece apenas na próxima segunda-feira (21).

    Indicativo de Greve

    Com esse anúncio no apagar das luzes do ano letivo de 2020, o SISMMAC e o SISMUC apontam uma assembleia para deliberar sobre indicativo de greve logo no início de fevereiro. Não toleraremos mais desrespeito da gestão Greca!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS