Sismac
  • 01 | 11 | 2019 - 14:08 Ed. Especial

    Prefeitura manterá itinerância nas Salas de Recursos Multifuncionais

    Prefeitura manterá itinerância nas Salas de Recursos Multifuncionais
    Após a publicação de materiais do SISMMAC, administração anunciou manutenção da itinerância e plano para ampliar oferta

    O formato do trabalho desenvolvido nas Salas de Recursos Multifuncionais não será alterado. O compromisso de manter a itinerância foi assumido e registrado em ata nessa sexta-feira (1º), durante a reunião convocada pela administração para responder denúncias feitas pelo SISMMAC sobre problemas na Educação Especial

    Além de desenvolver com as crianças um trabalho pedagógico voltado para o desenvolvimento de habilidades cognitivas, o professor da Sala de Recursos também realiza um trabalho itinerante de orientação com visitas à escola, à família e aos profissionais da saúde. Esse deslocamento, chamado de itinerância, é realizado mesmo sem o apoio logístico da Prefeitura, usando o carro próprio ou transporte coletivo.

    O SISMMAC cobrou informações sobre como esse trabalho itinerante será organizado a partir do dia 1º de dezembro, data programada pela Prefeitura para acabar com o pagamento em dinheiro do auxílio-transporte. Além de reduzir o salário, a substituição do pagamento em dinheiro por crédito no cartão de ônibus vai prejudicar o trabalho das professoras que utilizam o carro próprio para fazer essas visitas.

    As representantes do Departamento de Inclusão e Atendimento Educacional Especializado não informaram como funcionará a organização do trabalho com a mudança, já que para receber o vale-transporte é preciso informar previamente as linhas de ônibus utilizadas diariamente no trajeto.

    Durante a reunião, a administração municipal também se manifestou sobre o aumento do número de vagas nas Salas de Recursos Multifuncionais, reivindicação cobrada na matéria e no panfleto produzidos pelo SISMMAC em setembro. Segundo o Departamento de Inclusão e Atendimento Educacional Especializado, a Prefeitura planeja ampliar a oferta de vagas ao longo de 2020, utilizando essas Salas no período em que não há atendimento. Para isso, será necessário ampliar também o número de profissionais especializados para esse atendimento.

    A manutenção da itinerância e a ampliação da oferta das Salas de Recursos Multifuncionais são avanços importantes, mas é preciso que continuemos atentos para garantir que essas promessas sejam colocadas em prática. A Educação Especial em Curitiba ainda enfrenta muitos problemas e falta muito para garantir que a inclusão ocorra com qualidade e garanta condições reais de acesso, participação e aprendizagem.

    Fique atento ao site do SISMMAC para acompanhar as próximas movimentações. A reunião dessa sexta-feira (1º) debateu outras questões relacionadas ao Atendimento Educacional Especializado e a administração municipal se comprometeu a agendar novas reuniões com o SISMMAC para discutir as demais reivindicações da Educação Especial.

  • 01 | 11 | 2019 - 14:08 Ed. Especial

    Prefeitura manterá itinerância nas Salas de Recursos Multifuncionais

    Prefeitura manterá itinerância nas Salas de Recursos Multifuncionais
    Após a publicação de materiais do SISMMAC, administração anunciou manutenção da itinerância e plano para ampliar oferta

    O formato do trabalho desenvolvido nas Salas de Recursos Multifuncionais não será alterado. O compromisso de manter a itinerância foi assumido e registrado em ata nessa sexta-feira (1º), durante a reunião convocada pela administração para responder denúncias feitas pelo SISMMAC sobre problemas na Educação Especial

    Além de desenvolver com as crianças um trabalho pedagógico voltado para o desenvolvimento de habilidades cognitivas, o professor da Sala de Recursos também realiza um trabalho itinerante de orientação com visitas à escola, à família e aos profissionais da saúde. Esse deslocamento, chamado de itinerância, é realizado mesmo sem o apoio logístico da Prefeitura, usando o carro próprio ou transporte coletivo.

    O SISMMAC cobrou informações sobre como esse trabalho itinerante será organizado a partir do dia 1º de dezembro, data programada pela Prefeitura para acabar com o pagamento em dinheiro do auxílio-transporte. Além de reduzir o salário, a substituição do pagamento em dinheiro por crédito no cartão de ônibus vai prejudicar o trabalho das professoras que utilizam o carro próprio para fazer essas visitas.

    As representantes do Departamento de Inclusão e Atendimento Educacional Especializado não informaram como funcionará a organização do trabalho com a mudança, já que para receber o vale-transporte é preciso informar previamente as linhas de ônibus utilizadas diariamente no trajeto.

    Durante a reunião, a administração municipal também se manifestou sobre o aumento do número de vagas nas Salas de Recursos Multifuncionais, reivindicação cobrada na matéria e no panfleto produzidos pelo SISMMAC em setembro. Segundo o Departamento de Inclusão e Atendimento Educacional Especializado, a Prefeitura planeja ampliar a oferta de vagas ao longo de 2020, utilizando essas Salas no período em que não há atendimento. Para isso, será necessário ampliar também o número de profissionais especializados para esse atendimento.

    A manutenção da itinerância e a ampliação da oferta das Salas de Recursos Multifuncionais são avanços importantes, mas é preciso que continuemos atentos para garantir que essas promessas sejam colocadas em prática. A Educação Especial em Curitiba ainda enfrenta muitos problemas e falta muito para garantir que a inclusão ocorra com qualidade e garanta condições reais de acesso, participação e aprendizagem.

    Fique atento ao site do SISMMAC para acompanhar as próximas movimentações. A reunião dessa sexta-feira (1º) debateu outras questões relacionadas ao Atendimento Educacional Especializado e a administração municipal se comprometeu a agendar novas reuniões com o SISMMAC para discutir as demais reivindicações da Educação Especial.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS