Sismac
  • 30 | 09 | 2019 - 17:27 Informe-se

    Servidores entregam Pauta de Reivindicação e pedem resposta até dia 11

    Servidores entregam Pauta de Reivindicação e pedem resposta até dia 11
    Os servidores municipais exigem que a Prefeitura sinalize uma negociação das reivindicações até o dia 11 de outubro

    Na tarde desta segunda-feira (30) foi entregue a Pauta de Reivindicação para a administração municipal. O ato da entrega, que foi realizado junto à greve dos agentes de endemias, reforçou a indignação dos servidores municipais com a Prefeitura.

    Agora, a administração tem até o dia 11 de outubro para responder o documento e agendar uma negociação. Caso a Prefeitura se recuse a negociar, os servidores de Curitiba se reúnem na assembleia do dia 16 de outubro com indicativo de paralisação.

    Em assembleia, o conjunto dos servidores decidiu exigir no mínimo 10% de reajuste nos salários. A luta pelo descongelamento das carreiras, sem retirada de direitos, a manutenção do auxílio-transporte na folha de pagamento e a reposição do quadro de funcionários com contratação via concurso público são outras reivindicações importantes presentes na pauta.

    E para intensificar a nossa mobilização em defesa de direitos, o magistério tem um compromisso marcado no Conselho de Representantes, que acontece no dia 9 de outubro (quarta-feira), às 8h15 e às 13h30. Os representantes das escolas municipais vão discutir sobre a Campanha de Lutas, a Eleição de Diretores e outros informes.

  • 30 | 09 | 2019 - 17:27 Informe-se

    Servidores entregam Pauta de Reivindicação e pedem resposta até dia 11

    Servidores entregam Pauta de Reivindicação e pedem resposta até dia 11
    Os servidores municipais exigem que a Prefeitura sinalize uma negociação das reivindicações até o dia 11 de outubro

    Na tarde desta segunda-feira (30) foi entregue a Pauta de Reivindicação para a administração municipal. O ato da entrega, que foi realizado junto à greve dos agentes de endemias, reforçou a indignação dos servidores municipais com a Prefeitura.

    Agora, a administração tem até o dia 11 de outubro para responder o documento e agendar uma negociação. Caso a Prefeitura se recuse a negociar, os servidores de Curitiba se reúnem na assembleia do dia 16 de outubro com indicativo de paralisação.

    Em assembleia, o conjunto dos servidores decidiu exigir no mínimo 10% de reajuste nos salários. A luta pelo descongelamento das carreiras, sem retirada de direitos, a manutenção do auxílio-transporte na folha de pagamento e a reposição do quadro de funcionários com contratação via concurso público são outras reivindicações importantes presentes na pauta.

    E para intensificar a nossa mobilização em defesa de direitos, o magistério tem um compromisso marcado no Conselho de Representantes, que acontece no dia 9 de outubro (quarta-feira), às 8h15 e às 13h30. Os representantes das escolas municipais vão discutir sobre a Campanha de Lutas, a Eleição de Diretores e outros informes.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS