Sismac
  • 27 | 09 | 2019 - 16:09 Informe-se

    Inscrições para Revista Chão da Escola vão até 1º de novembro

    Inscrições para Revista Chão da Escola vão até 1º de novembro
    17ª edição da publicação terá o tema Educação Pública na Mira do Ataque

    Estão abertas as inscrições para a 17ª edição da Revista Chão da Escola. As professoras e professores da rede podem inscrever artigos ou relatos de experiência até o dia 1º de novembro.

    Estrutura dos textos

    1) Título;
    2) Apresentação do autor: nome, escola em que trabalha, formação acadêmica e e-mail para contato;
    3) Resumo e palavras-chave: o texto do resumo deve conter de 80 a 100 palavras;
    4) Introdução: apresentação do tema que será abordado e dos objetivos no texto;
    5) Desenvolvimento: descrição do assunto do trabalho, do método empregado e das referências bibliográficas utilizadas. Esta parte poderá ser dividida em seções e subseções;
    6) Conclusão: análise dos resultados da pesquisa ou do projeto desenvolvido e reflexão sobre suas contribuições;
    7) Referências Bibliográficas: textos e autores usados no artigo, listados conforme a ABNT.
    Essa edição da Revista terá o tema Educação Pública na Mira do Ataque! Nos tempos sombrios em que vivemos, é imprescindível expor os problemas enfrentados no chão da escola, com cortes nos investimentos e o sucateamento do ensino destinado às filhas e filhos dos trabalhadores.

    Os critérios que serão analisados pelo Conselho Editorial podem ser conferidos nesta matéria. Eles dizem respeito tanto a estrutural textual que os artigos e relatos devem ter quanto a critério relacionados a relevância para o debate político pedagógico, que debata com a realidade escolar e com os autores utilizados.

    Essa edição da Revista Chão da Escola contará com duas seções: uma destinada à artigos e outra à relatos de experiência. Por isso, é fundamental que o próprio autor já indique, no momento da inscrição, para qual seção está submetendo o seu texto. Confira abaixo as características que cada tipo de produção deve ter:

    Critérios analisados pelo Conselho Editorial:

    1)Se está dentro do tema: Educação Pública na Mira do Ataque

    2) Relevância do artigo para o debate político-pedagógico;

    3) Teórico-conceitual: diálogo com a realidade escolar e com a referência bibliográfica utilizada;

    4) Desenvolvimento das ideias apresentadas no texto, considerando a introdução ao tema, desenvolvimento da temática e considerações finais;

    5) Os artigos também devem ter, no máximo, seis mil palavras.

    6) Estar de acordo com as lutas travadas pelos trabalhadores

    • ARTIGOS:
    Artigo sobre uma pesquisa científica desenvolvida por meio da universidade ou de espaços de formação não institucionais. O texto deve descrever qual é o objeto da pesquisa, apresentar a metodologia e as referências bibliográficas utilizadas, mostrar os resultados obtidos e, ao final, analisar as conclusões e possíveis contribuições da pesquisa.

    • RELATOS DE EXPERIÊNCIA:
    Apresentação de um projeto ou experiência desenvolvida no chão da escola pelo professor (a) ou grupo de professores (as). O texto deve descrever como o projeto foi desenvolvido, quais foram as técnicas ou estratégias de intervenção utilizadas, e deve trazer a reflexão sobre quais são as contribuições conceituais desse projeto para o conjunto do magistério.

    É importante ressaltar que as dificuldades enfrentadas no chão da escola para realizar projetos junto aos alunos ou à comunidade também se encaixam no tema proposta para essa edição da Revista.

    O lançamento da 17ª edição da Revista está previsto para o primeiro Conselho de Representantes de 2020.

  • 27 | 09 | 2019 - 16:09 Informe-se

    Inscrições para Revista Chão da Escola vão até 1º de novembro

    Inscrições para Revista Chão da Escola vão até 1º de novembro
    17ª edição da publicação terá o tema Educação Pública na Mira do Ataque

    Estão abertas as inscrições para a 17ª edição da Revista Chão da Escola. As professoras e professores da rede podem inscrever artigos ou relatos de experiência até o dia 1º de novembro.

    Estrutura dos textos

    1) Título;
    2) Apresentação do autor: nome, escola em que trabalha, formação acadêmica e e-mail para contato;
    3) Resumo e palavras-chave: o texto do resumo deve conter de 80 a 100 palavras;
    4) Introdução: apresentação do tema que será abordado e dos objetivos no texto;
    5) Desenvolvimento: descrição do assunto do trabalho, do método empregado e das referências bibliográficas utilizadas. Esta parte poderá ser dividida em seções e subseções;
    6) Conclusão: análise dos resultados da pesquisa ou do projeto desenvolvido e reflexão sobre suas contribuições;
    7) Referências Bibliográficas: textos e autores usados no artigo, listados conforme a ABNT.
    Essa edição da Revista terá o tema Educação Pública na Mira do Ataque! Nos tempos sombrios em que vivemos, é imprescindível expor os problemas enfrentados no chão da escola, com cortes nos investimentos e o sucateamento do ensino destinado às filhas e filhos dos trabalhadores.

    Os critérios que serão analisados pelo Conselho Editorial podem ser conferidos nesta matéria. Eles dizem respeito tanto a estrutural textual que os artigos e relatos devem ter quanto a critério relacionados a relevância para o debate político pedagógico, que debata com a realidade escolar e com os autores utilizados.

    Essa edição da Revista Chão da Escola contará com duas seções: uma destinada à artigos e outra à relatos de experiência. Por isso, é fundamental que o próprio autor já indique, no momento da inscrição, para qual seção está submetendo o seu texto. Confira abaixo as características que cada tipo de produção deve ter:

    Critérios analisados pelo Conselho Editorial:

    1)Se está dentro do tema: Educação Pública na Mira do Ataque

    2) Relevância do artigo para o debate político-pedagógico;

    3) Teórico-conceitual: diálogo com a realidade escolar e com a referência bibliográfica utilizada;

    4) Desenvolvimento das ideias apresentadas no texto, considerando a introdução ao tema, desenvolvimento da temática e considerações finais;

    5) Os artigos também devem ter, no máximo, seis mil palavras.

    6) Estar de acordo com as lutas travadas pelos trabalhadores

    • ARTIGOS:
    Artigo sobre uma pesquisa científica desenvolvida por meio da universidade ou de espaços de formação não institucionais. O texto deve descrever qual é o objeto da pesquisa, apresentar a metodologia e as referências bibliográficas utilizadas, mostrar os resultados obtidos e, ao final, analisar as conclusões e possíveis contribuições da pesquisa.

    • RELATOS DE EXPERIÊNCIA:
    Apresentação de um projeto ou experiência desenvolvida no chão da escola pelo professor (a) ou grupo de professores (as). O texto deve descrever como o projeto foi desenvolvido, quais foram as técnicas ou estratégias de intervenção utilizadas, e deve trazer a reflexão sobre quais são as contribuições conceituais desse projeto para o conjunto do magistério.

    É importante ressaltar que as dificuldades enfrentadas no chão da escola para realizar projetos junto aos alunos ou à comunidade também se encaixam no tema proposta para essa edição da Revista.

    O lançamento da 17ª edição da Revista está previsto para o primeiro Conselho de Representantes de 2020.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS