Sismac

Notícias | Informe-se!

Imprimir
  • Conselho de Representantes aprova ações contra o desmonte da educação
    13 | 06 | 2018 - 16:54 CR

    Conselho de Representantes aprova ações contra o desmonte da educação

    Os representantes das escolas também confirmaram presença no ato do dia 26 de junho, data que marca um ano do pacotaço

    Nesta quarta-feira (13), os representantes das escolas municipais se reuniram na sede do SISMMAC para analisar a conjuntura. Entre os assuntos do debate, a greve dos caminhoneiros e ações em defesa dos direitos da categoria foram discutidos.

    O CR também discutiu sobre os repasses da reunião com a Prefeitura, que ocorreu na última sexta-feira (8). Além de não apresentar propostas em relação às pautas econômicas, a administração ainda indicou o desmonte do Plano de Carreira do magistério, pois admitiu que as comissões de análise do Plano podem realizar readequações no projeto.

    Apesar de ter apresentado um equilíbrio nas contas durante a audiência pública da LDO, a Prefeitura segue utilizando a desculpa da indisponibilidade orçamentária quando o assunto é servidor público. Ainda não há previsão de contratação dos mais de mil profissionais que faltam nas escolas da rede municipal e o reajuste da data-base sequer foi discutido.

    É preciso fortalecer a união!

    Para enfrente essa gestão truculenta e intransigente é preciso fortalecer nossa união no local de trabalho, com os demais servidores e também com a comunidade! Por isso, os representantes aprovaram diversas ações para barrar o desmonte da educação.

    Ações para junho

    - 21/06 Assembleia Geral do Magistério na sede do SISMMAC, às 18h30.

    - 26/06 Ato contra as consequências do pacotaço.

    - Preenchimento do cartaz com as faltas de profissionais na escola.

    - Panfletagens com coleta de abaixo-assinado exigindo prioridade para educação, saúde e demais direitos sociais no orçamento de Curitiba.

    Vamos construir um ato no dia 26 de junho (terça-feira) contra as consequências do pacotaço, que fará um ano desde a votação na Ópera de Arame. A manifestações durante o ato serão decididas na próxima assembleia do magistério, que acontece no dia 21 de junho (quinta-feira) na sede do SISMMAC, às 18h30.

    Durante o mês de junho as professoras e professores da rede também vão preencher o cartaz com as faltas de profissionais nas escolas. Além disso, vamos realizar panfletagens com coleta de abaixo-assinado exigindo prioridade para educação, saúde e demais direitos sociais no orçamento da cidade.

    Não deixe de fazer parte dessa luta! Juntos nó poderemos organizar a mobilização em conjunto com a comunidade e demais servidores para lutar em defesa dos nossos direitos!

    Firmes!

Imprimir
  • 13 | 06 | 2018 - 16:54 CR
    Conselho de Representantes aprova ações contra o desmonte da educação

    Conselho de Representantes aprova ações contra o desmonte da educação

    Os representantes das escolas também confirmaram presença no ato do dia 26 de junho, data que marca um ano do pacotaço

    Nesta quarta-feira (13), os representantes das escolas municipais se reuniram na sede do SISMMAC para analisar a conjuntura. Entre os assuntos do debate, a greve dos caminhoneiros e ações em defesa dos direitos da categoria foram discutidos.

    O CR também discutiu sobre os repasses da reunião com a Prefeitura, que ocorreu na última sexta-feira (8). Além de não apresentar propostas em relação às pautas econômicas, a administração ainda indicou o desmonte do Plano de Carreira do magistério, pois admitiu que as comissões de análise do Plano podem realizar readequações no projeto.

    Apesar de ter apresentado um equilíbrio nas contas durante a audiência pública da LDO, a Prefeitura segue utilizando a desculpa da indisponibilidade orçamentária quando o assunto é servidor público. Ainda não há previsão de contratação dos mais de mil profissionais que faltam nas escolas da rede municipal e o reajuste da data-base sequer foi discutido.

    É preciso fortalecer a união!

    Para enfrente essa gestão truculenta e intransigente é preciso fortalecer nossa união no local de trabalho, com os demais servidores e também com a comunidade! Por isso, os representantes aprovaram diversas ações para barrar o desmonte da educação.

    Ações para junho

    - 21/06 Assembleia Geral do Magistério na sede do SISMMAC, às 18h30.

    - 26/06 Ato contra as consequências do pacotaço.

    - Preenchimento do cartaz com as faltas de profissionais na escola.

    - Panfletagens com coleta de abaixo-assinado exigindo prioridade para educação, saúde e demais direitos sociais no orçamento de Curitiba.

    Vamos construir um ato no dia 26 de junho (terça-feira) contra as consequências do pacotaço, que fará um ano desde a votação na Ópera de Arame. A manifestações durante o ato serão decididas na próxima assembleia do magistério, que acontece no dia 21 de junho (quinta-feira) na sede do SISMMAC, às 18h30.

    Durante o mês de junho as professoras e professores da rede também vão preencher o cartaz com as faltas de profissionais nas escolas. Além disso, vamos realizar panfletagens com coleta de abaixo-assinado exigindo prioridade para educação, saúde e demais direitos sociais no orçamento da cidade.

    Não deixe de fazer parte dessa luta! Juntos nó poderemos organizar a mobilização em conjunto com a comunidade e demais servidores para lutar em defesa dos nossos direitos!

    Firmes!

Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS