Sismac

Notícias | Informe-se!

Imprimir
  • No dia 12 de junho, mostre o seu amor pela inclusão!
    06 | 06 | 2018 - 15:26 Ed. Especial

    No dia 12 de junho, mostre o seu amor pela inclusão!

    Venha fazer uma denúncia junto ao Ministério Público e ajude a lutar pela qualidade da inclusão em Curitiba!

    Na próxima terça-feira (12), às 14h, mães e pais de alunos com necessidades especiais farão um mutirão de denúncias sobre os problemas da inclusão no Ministério Público (Rua Marechal Deodoro, 1028).

    Além de cobrar que o Ministério Público se manifeste sobre a situação, a campanha também busca fazer pressão e chamar a atenção para a falta de profissionais especializados e demais problemas enfrentados nas escolas municipais.

    Ajude a divulgar o mutirão para os colegas da escola e para os familiares dos seus alunos.

    12 de junho é dia dos namorados. Dia de mostrar seu amor a inclusão!

    Se você não concorda com o apoio à inclusão ser feito apenas por estagiários, se o seu filho está na fila aguardando atendimento especializado, venha fazer uma denúncia junto ao Ministério Público e ajude a lutar pela qualidade da inclusão em Curitiba!

    É hora de fortalecer a união entre mães e pais de alunos, professores e associações para cobrar avanços na qualidade da inclusão!

    Veja como fazer a denúncia no Ministério Público

    1. O primeiro passo é escrever um relato sobre a realidade vivida pela criança na escola, descrevendo os problemas que prejudicam a inclusão.

    2. Junte esse relato com documentos que comprovem o diagnóstico e a matrícula da criança na rede municipal de educação: laudo, declaração de matrícula e documentos pessoais dos pais e da criança (certidão de nascimento, RG e CPF).

    3. Traga todos esses documentos ao Ministério Público, no dia 12 de junho, às 14h. Vamos transformar o protocolo dessas denúncias em um ato público para fazer pressão e chamar atenção para os problemas da inclusão na rede municipal de Curitiba.

    CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
    Além do Ministério Público, a denúncia também pode ser feita para o Conselho Municipal de Educação de Curitiba, órgão que também deve exercer funções de fiscalização.

    A denúncia pode ser feita pelo telefone (41) 3225-5299, pelo email cme.curitiba.pr@gmail.com ou pessoalmente na sede do CME (Rua Dr. Roberto Barrozo, 630 - São Francisco).

  • 06 | 06 | 2018 - 15:26 Ed. Especial
    No dia 12 de junho, mostre o seu amor pela inclusão!

    No dia 12 de junho, mostre o seu amor pela inclusão!

    Venha fazer uma denúncia junto ao Ministério Público e ajude a lutar pela qualidade da inclusão em Curitiba!

    Na próxima terça-feira (12), às 14h, mães e pais de alunos com necessidades especiais farão um mutirão de denúncias sobre os problemas da inclusão no Ministério Público (Rua Marechal Deodoro, 1028).

    Além de cobrar que o Ministério Público se manifeste sobre a situação, a campanha também busca fazer pressão e chamar a atenção para a falta de profissionais especializados e demais problemas enfrentados nas escolas municipais.

    Ajude a divulgar o mutirão para os colegas da escola e para os familiares dos seus alunos.

    12 de junho é dia dos namorados. Dia de mostrar seu amor a inclusão!

    Se você não concorda com o apoio à inclusão ser feito apenas por estagiários, se o seu filho está na fila aguardando atendimento especializado, venha fazer uma denúncia junto ao Ministério Público e ajude a lutar pela qualidade da inclusão em Curitiba!

    É hora de fortalecer a união entre mães e pais de alunos, professores e associações para cobrar avanços na qualidade da inclusão!

    Veja como fazer a denúncia no Ministério Público

    1. O primeiro passo é escrever um relato sobre a realidade vivida pela criança na escola, descrevendo os problemas que prejudicam a inclusão.

    2. Junte esse relato com documentos que comprovem o diagnóstico e a matrícula da criança na rede municipal de educação: laudo, declaração de matrícula e documentos pessoais dos pais e da criança (certidão de nascimento, RG e CPF).

    3. Traga todos esses documentos ao Ministério Público, no dia 12 de junho, às 14h. Vamos transformar o protocolo dessas denúncias em um ato público para fazer pressão e chamar atenção para os problemas da inclusão na rede municipal de Curitiba.

    CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
    Além do Ministério Público, a denúncia também pode ser feita para o Conselho Municipal de Educação de Curitiba, órgão que também deve exercer funções de fiscalização.

    A denúncia pode ser feita pelo telefone (41) 3225-5299, pelo email cme.curitiba.pr@gmail.com ou pessoalmente na sede do CME (Rua Dr. Roberto Barrozo, 630 - São Francisco).

Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS