Sismac

Notícias | Informe-se!

Imprimir
  • Moção de solidariedade aos trabalhadores dos Correios em greve
    13 | 03 | 2018 - 14:49 Além dos muros da escola

    Moção de solidariedade aos trabalhadores dos Correios em greve

    Categoria está em luta contra a retirada de direitos imposta pela ECT

    Os trabalhadores dos Correios entraram em greve nessa segunda-feira (12) contra a retirada de direitos imposta pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). A Empresa vem cada vez mais sucateando os serviços e deixando mais clara sua intenção de privatizar a estatal que tem mais de 350 anos.

    Parte das reclamações da população em relação aos serviços dos Correios seriam resolvidos com a realização de concurso público para as funções de carteiro e atendente, que não ocorrem há anos.

    Entretanto, o argumento do capital e da mídia burguesa é de que privatizar é a solução para estes problemas.

    Hoje, os carteiros chegam todos os dias a mais de 5.500 municípios brasileiros e entregam, inclusive, livros às escolas públicas e vacinas aos postos de saúde. Você acredita que esses serviços seriam mantidos pelo mesmo valor caso a iniciativa privada fosse a única responsável pelos Correios?

    Demais reivindicações

    A categoria está em luta também em defesa do plano de saúde, o Postal Saúde, conquistado com muita luta. No dia 12, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) aprovou a cobrança de mensalidades e coparticipação no salário bruto da categoria. É bom lembrar que a mensalidade cobrada é incompatível com o salário que é pago para a categoria, que gira em torno de dois salários mínimos.

    Além disso, os trabalhadores do ramo postal cobram mais segurança nas agências, alvos constantes de assaltos, o fim dos planos de demissão promovidos pela empresa e da terceirização de alguns setores estratégicos.

    O SISMMAC reforça a solidariedade às trabalhadoras e trabalhadores do ramo postal e está firme na luta em defesa de direitos!

  • 13 | 03 | 2018 - 14:49 Além dos muros da escola
    Moção de solidariedade aos trabalhadores dos Correios em greve

    Moção de solidariedade aos trabalhadores dos Correios em greve

    Categoria está em luta contra a retirada de direitos imposta pela ECT

    Os trabalhadores dos Correios entraram em greve nessa segunda-feira (12) contra a retirada de direitos imposta pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). A Empresa vem cada vez mais sucateando os serviços e deixando mais clara sua intenção de privatizar a estatal que tem mais de 350 anos.

    Parte das reclamações da população em relação aos serviços dos Correios seriam resolvidos com a realização de concurso público para as funções de carteiro e atendente, que não ocorrem há anos.

    Entretanto, o argumento do capital e da mídia burguesa é de que privatizar é a solução para estes problemas.

    Hoje, os carteiros chegam todos os dias a mais de 5.500 municípios brasileiros e entregam, inclusive, livros às escolas públicas e vacinas aos postos de saúde. Você acredita que esses serviços seriam mantidos pelo mesmo valor caso a iniciativa privada fosse a única responsável pelos Correios?

    Demais reivindicações

    A categoria está em luta também em defesa do plano de saúde, o Postal Saúde, conquistado com muita luta. No dia 12, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) aprovou a cobrança de mensalidades e coparticipação no salário bruto da categoria. É bom lembrar que a mensalidade cobrada é incompatível com o salário que é pago para a categoria, que gira em torno de dois salários mínimos.

    Além disso, os trabalhadores do ramo postal cobram mais segurança nas agências, alvos constantes de assaltos, o fim dos planos de demissão promovidos pela empresa e da terceirização de alguns setores estratégicos.

    O SISMMAC reforça a solidariedade às trabalhadoras e trabalhadores do ramo postal e está firme na luta em defesa de direitos!

Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS