Sismac

Notícias | Informe-se!

Imprimir
  • Na mídia: Homens armados invadem CMEI e trocam tiros com guarda
    Reprodução/Google Street View
    10 | 10 | 2017 - 13:06 Informe-se

    Na mídia: Homens armados invadem CMEI e trocam tiros com guarda

    O caso aconteceu no bairro Cajuru durante a tarde desta segunda-feira (9)

    Três homens armados invadiram o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Vila Autódromo, no bairro Cajuru, em Curitiba, na tarde desta segunda-feira (9), e trocaram tiros com guardas municipais. As informações foram repassadas à reportagem pelo Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac) e por uma pessoa que estava no local e pediu para não ser identificada.

    A situação ocorreu por volta das 17h30, horário em que algumas crianças estavam no CMEI e aguardavam a chegada dos pais para ir embora. De acordo com a fonte, os suspeitos chegaram ao local por estarem fugindo da Guarda Municipal, bateram o carro em que estavam quase em frente ao CMEI e foram obrigados a abandonar o veículo. Vendo o portão da escola aberto, os homens entraram e atiraram contra os guardas, na tentativa de escapar. Dois deles acabaram dominados pelos guardas municipais que atendiam a ocorrência. Os outros dois, segundo a testemunha, fugiram pelos fundos da escola. A Prefeitura, por meio de nota, informou um número diferente: dois presos e um foragido - três suspeitos.

    A fonte relatou que o incidente só fez aumentar o pânico que os moradores da redondeza vivem diariamente.”A gente reclama da insegurança faz tempo, e nada é feito para proteger os trabalhadores e as crianças. A gente fica indignado porque não tem apoio de lado nenhum”, contou.

    Segundo a testemunha, o incidente só não se transformou em uma tragédia por uma combinação de fatores. “Sorte que hoje estava frio, porque normalmente as crianças estão no parque, do lado de fora, com as professoras. É feito um treinamento com as crianças, e elas todas estavam no chão quando aconteceu, então ninguém se feriu. Poderia ter sido bem pior”, avaliou.

    Pelas redes sociais, os educadores também mostraram indignação, e alguns postaram uma foto do momento da prisão dos suspeitos. Em nota, o Sismmac afirmou que já enviou oficio para a Prefeitura, cobrando soluções para os problemas de violência que vem afetando as escolas da cidade, e que o caso desta segunda-feira só reforça a necessidade de tomada de providências pelo poder público.

    Em nota, a Prefeitura disse ainda que um revólver 32 e um simulacro de arma de fogo foram apreendidos e que os dois suspeitos foram levados para a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos.

    A administração municipal ressaltou que o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Vila Autódromo irá funcionar normalmente nesta terça-feira (10).

    Gazeta do Povo
Imprimir
  • 10 | 10 | 2017 - 13:06 Informe-se
    Na mídia: Homens armados invadem CMEI e trocam tiros com guarda
    Reprodução/Google Street View

    Na mídia: Homens armados invadem CMEI e trocam tiros com guarda

    O caso aconteceu no bairro Cajuru durante a tarde desta segunda-feira (9)

    Três homens armados invadiram o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Vila Autódromo, no bairro Cajuru, em Curitiba, na tarde desta segunda-feira (9), e trocaram tiros com guardas municipais. As informações foram repassadas à reportagem pelo Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Curitiba (Sismmac) e por uma pessoa que estava no local e pediu para não ser identificada.

    A situação ocorreu por volta das 17h30, horário em que algumas crianças estavam no CMEI e aguardavam a chegada dos pais para ir embora. De acordo com a fonte, os suspeitos chegaram ao local por estarem fugindo da Guarda Municipal, bateram o carro em que estavam quase em frente ao CMEI e foram obrigados a abandonar o veículo. Vendo o portão da escola aberto, os homens entraram e atiraram contra os guardas, na tentativa de escapar. Dois deles acabaram dominados pelos guardas municipais que atendiam a ocorrência. Os outros dois, segundo a testemunha, fugiram pelos fundos da escola. A Prefeitura, por meio de nota, informou um número diferente: dois presos e um foragido - três suspeitos.

    A fonte relatou que o incidente só fez aumentar o pânico que os moradores da redondeza vivem diariamente.”A gente reclama da insegurança faz tempo, e nada é feito para proteger os trabalhadores e as crianças. A gente fica indignado porque não tem apoio de lado nenhum”, contou.

    Segundo a testemunha, o incidente só não se transformou em uma tragédia por uma combinação de fatores. “Sorte que hoje estava frio, porque normalmente as crianças estão no parque, do lado de fora, com as professoras. É feito um treinamento com as crianças, e elas todas estavam no chão quando aconteceu, então ninguém se feriu. Poderia ter sido bem pior”, avaliou.

    Pelas redes sociais, os educadores também mostraram indignação, e alguns postaram uma foto do momento da prisão dos suspeitos. Em nota, o Sismmac afirmou que já enviou oficio para a Prefeitura, cobrando soluções para os problemas de violência que vem afetando as escolas da cidade, e que o caso desta segunda-feira só reforça a necessidade de tomada de providências pelo poder público.

    Em nota, a Prefeitura disse ainda que um revólver 32 e um simulacro de arma de fogo foram apreendidos e que os dois suspeitos foram levados para a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos.

    A administração municipal ressaltou que o Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Vila Autódromo irá funcionar normalmente nesta terça-feira (10).

    Gazeta do Povo

Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS