Sismac

Notícias | Cultura

Imprimir
  • Oficinas de Capoeira envolveram mais de mil alunos em 2015
    16 | 12 | 2015 - 16:44 Informe-se

    Oficinas de Capoeira envolveram mais de mil alunos em 2015

    Neste ano, a parceira do SISMMAC com a ACAD atendeu 1100 alunos com oficinas realizadas em nove escolas da rede municipal de Curitiba

    Em 2015, a parceria entre o SISMMAC e a Associação Capoeira Angola Dobrada (ACAD) expandiu suas possibilidades, buscando, além de oferecer essa vivência aos professores, visitar as escolas da rede municipal de professores participantes das oficinas.

    Ao todo, nove escolas receberam as visitas da ACAD e a iniciativa atendeu cerca de 1100 estudantes da pré-escola ao 5º ano. Durante as visitas nas escolas, foi garantido aos estudantes desde o contato com os instrumentos, até a possibilidade de participar da roda, que é o ritual mais amplo da capoeira, momento em que são tocados todos os instrumentos, cantadas as ladainhas e corridos e que dois participantes jogam no meio da roda. 

    Além das visitas nas escolas, também foram realizadas seis oficinas para professores na sede do SISMMAC, envolvendo 31 profissionais do magistério durante as atividades.

    Para 2016, a expectativa é de que possamos continuar esse trabalho e ampliar as possibilidades de atendimento de mais escolas. Fiquem atentos e participem!

    Nesta quinta-feira (17), a partir das 19h, haverá o encerramento das oficinas com a tradicional roda em frente à Catedral de Curitiba.

    Às 21h faremos a exibição de dois vídeos, um que conta a história de 15 anos de Resistência da ACAD Curitiba e outro com registro de todas as atividades realizadas durante a parceria entre o SISMMAC e a ACAD. Após os vídeos, teremos uma confraternização.

    Parceria

    A parceria entre SISMMAC e ACAD foi estabelecida em 2013 e buscou garantir maior formação e ligação com a cultura afro-brasileira.

    A ligação com a capoeira enquanto cultura popular de resistência possibilitou aos professores da rede municipal vivenciar direto da fonte a coletividade da capoeira. Entendida como um luta disfarçada em dança, a prática da capoeira vai além de uma atividade física. É parte ativa da cultura popular e traz em seus fundamentos uma forte relação com nossa ancestralidade africana. Além dos diferentes movimentos e aprender a tocar instrumentos como berimbau, atabaque, agogô, pandeiro e reco-reco, quem pratica a capoeira constrói uma militância coletiva garantindo a propagação de nossa cultura.

     

  • 16 | 12 | 2015 - 16:44 Informe-se
    Oficinas de Capoeira envolveram mais de mil alunos em 2015

    Oficinas de Capoeira envolveram mais de mil alunos em 2015

    Neste ano, a parceira do SISMMAC com a ACAD atendeu 1100 alunos com oficinas realizadas em nove escolas da rede municipal de Curitiba

    Em 2015, a parceria entre o SISMMAC e a Associação Capoeira Angola Dobrada (ACAD) expandiu suas possibilidades, buscando, além de oferecer essa vivência aos professores, visitar as escolas da rede municipal de professores participantes das oficinas.

    Ao todo, nove escolas receberam as visitas da ACAD e a iniciativa atendeu cerca de 1100 estudantes da pré-escola ao 5º ano. Durante as visitas nas escolas, foi garantido aos estudantes desde o contato com os instrumentos, até a possibilidade de participar da roda, que é o ritual mais amplo da capoeira, momento em que são tocados todos os instrumentos, cantadas as ladainhas e corridos e que dois participantes jogam no meio da roda. 

    Além das visitas nas escolas, também foram realizadas seis oficinas para professores na sede do SISMMAC, envolvendo 31 profissionais do magistério durante as atividades.

    Para 2016, a expectativa é de que possamos continuar esse trabalho e ampliar as possibilidades de atendimento de mais escolas. Fiquem atentos e participem!

    Nesta quinta-feira (17), a partir das 19h, haverá o encerramento das oficinas com a tradicional roda em frente à Catedral de Curitiba.

    Às 21h faremos a exibição de dois vídeos, um que conta a história de 15 anos de Resistência da ACAD Curitiba e outro com registro de todas as atividades realizadas durante a parceria entre o SISMMAC e a ACAD. Após os vídeos, teremos uma confraternização.

    Parceria

    A parceria entre SISMMAC e ACAD foi estabelecida em 2013 e buscou garantir maior formação e ligação com a cultura afro-brasileira.

    A ligação com a capoeira enquanto cultura popular de resistência possibilitou aos professores da rede municipal vivenciar direto da fonte a coletividade da capoeira. Entendida como um luta disfarçada em dança, a prática da capoeira vai além de uma atividade física. É parte ativa da cultura popular e traz em seus fundamentos uma forte relação com nossa ancestralidade africana. Além dos diferentes movimentos e aprender a tocar instrumentos como berimbau, atabaque, agogô, pandeiro e reco-reco, quem pratica a capoeira constrói uma militância coletiva garantindo a propagação de nossa cultura.

     

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS