Sismac

Notícias | CR

Imprimir
  • Conselho de Representantes se reúne na próxima quarta-feira (9)
    03 | 05 | 2018 - 14:21 CR

    Conselho de Representantes se reúne na próxima quarta-feira (9)

    Representantes das escolas vão discutir análise de conjuntura, Plano de Carreira, CuritibaPREV e outros informes

    O Conselho de Representantes se reúne na próxima quarta-feira (9). As professoras e professores que representam suas escolas vão debater o Dia do Trabalhador, os impactos da criação do CuritibaPREV e vão analisar uma nova ferramenta proposta pelo SISMMAC para calcular as perdas no Plano de Carreira. A reunião acontece em dois horários, às 8h15 e às 13h30, na sede do SISMMAC (Rua Nunes Machado, 1577 – Rebouças).

    O pacotaço de ajuste fiscal do prefeito Rafael Greca, aprovado em 2017, apresentou diversos ataques aos servidores públicos municipais, entre eles o congelamento dos Planos de Carreira e salários. Além de discutir sobre essa atitude intransigente da Prefeitura, a direção do SISMMAC apresentará uma ferramenta, desenvolvida pelo Sindicato, para que as professoras e professores da rede saibam o quanto perderam com a não implementação do Plano. Vamos calcular nossas perdas, analisar meios de defender a nossa conquista e lutar pelo descongelamento de nossas carreiras!

    Outro ataque proporcionado pelo pacotaço foi a criação do CuritibaPREV. Greca e a bancada do tratoraço passaram por cima da legislação e estabeleceram um regime de compensação com o saque de R$700 milhões do Instituto de Previdência do Município de Curitiba (IPMC). Além disso, a política de congelamento das contratações é outra medida imposta pela administração que reduziu a capacidade de arrecadação do Instituto. Esse desmonte indica que o objetivo da Prefeitura é acabar com o IPMC para fazer com que os servidores se sintam pressionados a aderir ao plano complementar privado. 

    Lei da mordaça

    Mesmo com o parecer desfavorável de duas comissões na Câmara Municipal, o Projeto de Lei Escola Sem Partido foi considerado apto para seguir em votação em Plenário. Além de desrespeitar a LDB, o projeto criminaliza e intimida as professoras e professores que são comprometidos com a formação crítica de seus alunos. É uma proposta que impede a liberdade de expressão e os debates sobre questões sociais no ambiente escolar.

    Devemos ficar atentos para acompanhar a votação do projeto e impedir que esse retrocesso seja aprovado pelos vereadores da bancada conservadora!

    Participe!

    Não deixe sua escola de fora dessa luta! Ajude a garantir a participação da sua unidade no CR. A força para enfrentar os ataques e cobrar avanços para a educação pública depende da nossa união!

Imprimir
  • 03 | 05 | 2018 - 14:21 CR
    Conselho de Representantes se reúne na próxima quarta-feira (9)

    Conselho de Representantes se reúne na próxima quarta-feira (9)

    Representantes das escolas vão discutir análise de conjuntura, Plano de Carreira, CuritibaPREV e outros informes

    O Conselho de Representantes se reúne na próxima quarta-feira (9). As professoras e professores que representam suas escolas vão debater o Dia do Trabalhador, os impactos da criação do CuritibaPREV e vão analisar uma nova ferramenta proposta pelo SISMMAC para calcular as perdas no Plano de Carreira. A reunião acontece em dois horários, às 8h15 e às 13h30, na sede do SISMMAC (Rua Nunes Machado, 1577 – Rebouças).

    O pacotaço de ajuste fiscal do prefeito Rafael Greca, aprovado em 2017, apresentou diversos ataques aos servidores públicos municipais, entre eles o congelamento dos Planos de Carreira e salários. Além de discutir sobre essa atitude intransigente da Prefeitura, a direção do SISMMAC apresentará uma ferramenta, desenvolvida pelo Sindicato, para que as professoras e professores da rede saibam o quanto perderam com a não implementação do Plano. Vamos calcular nossas perdas, analisar meios de defender a nossa conquista e lutar pelo descongelamento de nossas carreiras!

    Outro ataque proporcionado pelo pacotaço foi a criação do CuritibaPREV. Greca e a bancada do tratoraço passaram por cima da legislação e estabeleceram um regime de compensação com o saque de R$700 milhões do Instituto de Previdência do Município de Curitiba (IPMC). Além disso, a política de congelamento das contratações é outra medida imposta pela administração que reduziu a capacidade de arrecadação do Instituto. Esse desmonte indica que o objetivo da Prefeitura é acabar com o IPMC para fazer com que os servidores se sintam pressionados a aderir ao plano complementar privado. 

    Lei da mordaça

    Mesmo com o parecer desfavorável de duas comissões na Câmara Municipal, o Projeto de Lei Escola Sem Partido foi considerado apto para seguir em votação em Plenário. Além de desrespeitar a LDB, o projeto criminaliza e intimida as professoras e professores que são comprometidos com a formação crítica de seus alunos. É uma proposta que impede a liberdade de expressão e os debates sobre questões sociais no ambiente escolar.

    Devemos ficar atentos para acompanhar a votação do projeto e impedir que esse retrocesso seja aprovado pelos vereadores da bancada conservadora!

    Participe!

    Não deixe sua escola de fora dessa luta! Ajude a garantir a participação da sua unidade no CR. A força para enfrentar os ataques e cobrar avanços para a educação pública depende da nossa união!

Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS