Sismac

Notícias | Mobilização

Imprimir
  • SISMMAC cobra posicionamento da SME sobre Lei da Mordaça
    21 | 05 | 2018 - 16:13 Mobilização

    SISMMAC cobra posicionamento da SME sobre Lei da Mordaça

    Projeto pode ser voltado a qualquer momento e Secretaria ainda não se posicionou publicamente sobre o assunto

    A direção do SISMMAC cobrou um posicionamento público da Secretaria Municipal de Educação (SME) sobre o projeto de lei do Escola Sem Partido – Lei da Mordaça. O ofício produzido pelo Sindicato foi enviado à administração municipal na semana passada e exige que a SME assuma sua responsabilidade em relação à educação dos milhares alunos da rede municipal de Curitiba. 

    Apesar da SME já ter emitido um parecer contrário ao projeto, depois da solicitação de um posicionamento da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal, a proposição continuou em tramitação e pode ser votada no plenário da Câmara a qualquer momento.

    Mostre sua indignação contra a Lei da Mordaça para os vereadores!

    No dia 2 de maio, o Projeto de Lei Escola Sem Partido passou pela última comissão da Câmara Municipal e foi considerado apto para votação em Plenário.
    Veja mais
    Por isso, a direção do SISMMAC acredita que é responsabilidade da Secretaria defender uma educação crítica e de qualidade e orientar os trabalhadores do município e também a comunidade em geral a respeito do que se esconde por trás do projeto.

    Na nossa avaliação, é papel da SME se posicionar publicamente sobre o projeto que desrespeita a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e tem como objetivo criminalizar e intimidar as professoras e professores que são comprometidos com a formação crítica de seus alunos.

Imprimir
  • 21 | 05 | 2018 - 16:13 Mobilização
    SISMMAC cobra posicionamento da SME sobre Lei da Mordaça

    SISMMAC cobra posicionamento da SME sobre Lei da Mordaça

    Projeto pode ser voltado a qualquer momento e Secretaria ainda não se posicionou publicamente sobre o assunto

    A direção do SISMMAC cobrou um posicionamento público da Secretaria Municipal de Educação (SME) sobre o projeto de lei do Escola Sem Partido – Lei da Mordaça. O ofício produzido pelo Sindicato foi enviado à administração municipal na semana passada e exige que a SME assuma sua responsabilidade em relação à educação dos milhares alunos da rede municipal de Curitiba. 

    Apesar da SME já ter emitido um parecer contrário ao projeto, depois da solicitação de um posicionamento da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal, a proposição continuou em tramitação e pode ser votada no plenário da Câmara a qualquer momento.

    Mostre sua indignação contra a Lei da Mordaça para os vereadores!

    No dia 2 de maio, o Projeto de Lei Escola Sem Partido passou pela última comissão da Câmara Municipal e foi considerado apto para votação em Plenário.
    Veja mais
    Por isso, a direção do SISMMAC acredita que é responsabilidade da Secretaria defender uma educação crítica e de qualidade e orientar os trabalhadores do município e também a comunidade em geral a respeito do que se esconde por trás do projeto.

    Na nossa avaliação, é papel da SME se posicionar publicamente sobre o projeto que desrespeita a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e tem como objetivo criminalizar e intimidar as professoras e professores que são comprometidos com a formação crítica de seus alunos.

Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS