Sismac
  • 09 | 07 | 2015 - 11:55 Saúde

    Atestado de até três dias não precisará mais ser levado na perícia

    Atestado de até três dias não precisará mais ser levado na perícia
    Medida passa a valer a partir após publicação da nova portaria, prevista para o fim de agosto

    Os servidores municipais de Curitiba não vão mais precisar levar atestados de até três dias na perícia médica. A modificação da portaria sobre Licença de Tratamento de Saúde (LTS) é uma grande vitória para os servidores municipais que, mesmo debilitados para trabalhar, tinham que sair de suas casas e se deslocar até a perícia médica para não terem descontos.

    A nova regra deve começar após publicação da nova portaria. Nestas nova regra, atestados de até três dias deverão ser entregues para a chefia imediata. Caso o servidor precise se ausentar para tratamento de saúde uma segunda vez no prazo inferior a 30 dias, este novo atestado precisará ser entregue na perícia médica e o trabalhador será avaliado por um médico perito. A medida também deve agilizar o trabalho nos guichês da perícia médica, que terá uma quantidade menor de atestados para protocolar.

    Essa grande conquista dos trabalhadores municipais de Curitiba foi informada em reunião da administração municipal com o Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismuc) na semana passada. Essa é uma reivindicação antiga do serviço público da cidade, presente inclusive na pauta de reivindicações do magistério há vários anos. A modificação da portaria é fruto de mobilização e pressão das categorias.

  • 09 | 07 | 2015 - 11:55 Saúde

    Atestado de até três dias não precisará mais ser levado na perícia

    Atestado de até três dias não precisará mais ser levado na perícia
    Medida passa a valer a partir após publicação da nova portaria, prevista para o fim de agosto

    Os servidores municipais de Curitiba não vão mais precisar levar atestados de até três dias na perícia médica. A modificação da portaria sobre Licença de Tratamento de Saúde (LTS) é uma grande vitória para os servidores municipais que, mesmo debilitados para trabalhar, tinham que sair de suas casas e se deslocar até a perícia médica para não terem descontos.

    A nova regra deve começar após publicação da nova portaria. Nestas nova regra, atestados de até três dias deverão ser entregues para a chefia imediata. Caso o servidor precise se ausentar para tratamento de saúde uma segunda vez no prazo inferior a 30 dias, este novo atestado precisará ser entregue na perícia médica e o trabalhador será avaliado por um médico perito. A medida também deve agilizar o trabalho nos guichês da perícia médica, que terá uma quantidade menor de atestados para protocolar.

    Essa grande conquista dos trabalhadores municipais de Curitiba foi informada em reunião da administração municipal com o Sindicato dos Servidores Municipais de Curitiba (Sismuc) na semana passada. Essa é uma reivindicação antiga do serviço público da cidade, presente inclusive na pauta de reivindicações do magistério há vários anos. A modificação da portaria é fruto de mobilização e pressão das categorias.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS