Sismac

Notícias | Saúde

Imprimir
  • Conselho de administração do ICS ameaça aumentar alíquota paga pelos servidores
    04 | 12 | 2013 - 14:31 Saúde

    Conselho de administração do ICS ameaça aumentar alíquota paga pelos servidores

    Magistério vai estar presente na reunião do dia 12 de dezembro para mostrar sua indignação com a situação do Instituto

    Em meio às denuncias de desvio e uso do Instituto Curitiba de Saúde (ICS) para benefício privado, a administração propôs onerar ainda mais os servidores com a o aumento da alíquota que é descontada mensalmente dos nossos salários.

    A última reunião do Conselho de Administração do ICS aconteceu no dia 22 de novembro. Nesse encontro, a presidência executiva do Instituto apresentou novas alterações no Novo Regulamento e propôs a aprovação do Conselho para o aumento da alíquota, sendo de 1% para os servidores e 1% para a administração.

    A representante do SISMMAC no Conselho de Administração foi contrária a essa tentativa de transferir para os servidores os custos gerados pela má administração do ICS. Desde 2012, o magistério sabe que é necessário investir mais para melhorar a qualidade dos serviços prestados pelo Instituto e reivindica que a Prefeitura arque sozinha com o aumento de 2%.

    Os servidores não podem ser penalizados pelos prejuízos causados pela má-administração do ICS. O cenário atual do Instituto, com o surgimento de denúncias de gastos ilegais ou desnecessários que estariam consumindo cerca de R$ 200 mil por mês, faz com que a proposta de aumentar a alíquota paga pelos servidores seja ainda mais revoltante.

    Proposta de aumento será discutida na próxima reunião
    A possibilidade de aumento da alíquota será discutida na próxima reunião do Conselho de Administração do ICS, que será realizada no dia 12 de dezembro.

    O SISMMAC já enviou ofício solicitando a realização de uma audiência com o prefeito Gustavo Fruet para discutir a situação do Instituto. Queremos que essa audiência aconteça antes da próxima reunião do Conselho de Administração. Ajude a organizar sua escola para que,se o prefeito não nos atender, o magistério esteja presente na reunião do dia 12 com um representante de cada unidade.

    Nessa reunião, a Prefeitura também deve apresentar o resultado da comissão de sindicância formada pela administração municipal para investigar as denúncias de irregularidades que teriam sido cometidas pelo ex-presidente do ICS, Wilson Michaelis. Essa comissão foi formada no dia 25 de outubro, com o prazo legal de 15 dias, prorrogáveis por mais 15, para ser concluída.

    Registro do regulamento do ICS na ANS
    Por pressão da direção do ICS, a reunião do Conselho de Administração do dia 22 de outubro aprovou novas alterações do regulamento e enviou o documento para registro na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Além de contrariar a Lei 9659/99, que criou o ICS, esse novo regulamento contém pontos que prejudicam os servidores, como é o caso da proibição dos servidores serem incluídos como dependentes quando o cônjuge também for servidor, impedimento para pensionistas e aposentados incluírem novos dependentes, desconto duplo para servidores que possuem duas matrículas e carência para quem não optar pelo ICS no dia da posse.

    O SISMMAC reafirmou que é contrário à inclusão desses remendos no regulamento que será inscrito na ANS, pois são alterações que conflitam com a Lei e que prejudicam os servidores. O voto contrário do SISMMAC foi registrado em ata.
     

  • 04 | 12 | 2013 - 14:31 Saúde
    Conselho de administração do ICS ameaça aumentar alíquota paga pelos servidores

    Conselho de administração do ICS ameaça aumentar alíquota paga pelos servidores

    Magistério vai estar presente na reunião do dia 12 de dezembro para mostrar sua indignação com a situação do Instituto

    Em meio às denuncias de desvio e uso do Instituto Curitiba de Saúde (ICS) para benefício privado, a administração propôs onerar ainda mais os servidores com a o aumento da alíquota que é descontada mensalmente dos nossos salários.

    A última reunião do Conselho de Administração do ICS aconteceu no dia 22 de novembro. Nesse encontro, a presidência executiva do Instituto apresentou novas alterações no Novo Regulamento e propôs a aprovação do Conselho para o aumento da alíquota, sendo de 1% para os servidores e 1% para a administração.

    A representante do SISMMAC no Conselho de Administração foi contrária a essa tentativa de transferir para os servidores os custos gerados pela má administração do ICS. Desde 2012, o magistério sabe que é necessário investir mais para melhorar a qualidade dos serviços prestados pelo Instituto e reivindica que a Prefeitura arque sozinha com o aumento de 2%.

    Os servidores não podem ser penalizados pelos prejuízos causados pela má-administração do ICS. O cenário atual do Instituto, com o surgimento de denúncias de gastos ilegais ou desnecessários que estariam consumindo cerca de R$ 200 mil por mês, faz com que a proposta de aumentar a alíquota paga pelos servidores seja ainda mais revoltante.

    Proposta de aumento será discutida na próxima reunião
    A possibilidade de aumento da alíquota será discutida na próxima reunião do Conselho de Administração do ICS, que será realizada no dia 12 de dezembro.

    O SISMMAC já enviou ofício solicitando a realização de uma audiência com o prefeito Gustavo Fruet para discutir a situação do Instituto. Queremos que essa audiência aconteça antes da próxima reunião do Conselho de Administração. Ajude a organizar sua escola para que,se o prefeito não nos atender, o magistério esteja presente na reunião do dia 12 com um representante de cada unidade.

    Nessa reunião, a Prefeitura também deve apresentar o resultado da comissão de sindicância formada pela administração municipal para investigar as denúncias de irregularidades que teriam sido cometidas pelo ex-presidente do ICS, Wilson Michaelis. Essa comissão foi formada no dia 25 de outubro, com o prazo legal de 15 dias, prorrogáveis por mais 15, para ser concluída.

    Registro do regulamento do ICS na ANS
    Por pressão da direção do ICS, a reunião do Conselho de Administração do dia 22 de outubro aprovou novas alterações do regulamento e enviou o documento para registro na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Além de contrariar a Lei 9659/99, que criou o ICS, esse novo regulamento contém pontos que prejudicam os servidores, como é o caso da proibição dos servidores serem incluídos como dependentes quando o cônjuge também for servidor, impedimento para pensionistas e aposentados incluírem novos dependentes, desconto duplo para servidores que possuem duas matrículas e carência para quem não optar pelo ICS no dia da posse.

    O SISMMAC reafirmou que é contrário à inclusão desses remendos no regulamento que será inscrito na ANS, pois são alterações que conflitam com a Lei e que prejudicam os servidores. O voto contrário do SISMMAC foi registrado em ata.
     

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS