Sismac

Notícias | Condições de Trabalho

Imprimir
  • Prefeitura mantém cortes e atrasa assinatura de contratos de RIT
    23 | 08 | 2016 - 17:25 Condições de Trabalho

    Prefeitura mantém cortes e atrasa assinatura de contratos de RIT

    Nesta quarta-feira (24), o SISMMAC vai até a Secretaria de Recursos Humanos cobrar uma resposta para os problemas
    Ao contrário do que propagandeia a Prefeitura, os cortes na educação e a falta de professores vem prejudicando o funcionamento das escolas e CMEIs no segundo semestre. Ao longo desse mês, o SISMMAC recebeu denúncias de unidades que continuam com bibliotecas fechadas por causa da falta de agentes de leitura. Algumas escolas reduziram o percentual de hora-atividade por causa da falta de professoras e outras estão sem o profissional de apoio à inclusão desde o retorno das aulas.

    Além disso, também recebemos várias denúncias de professoras e professores que estão trabalhando com a carga horária dobrada, mas ainda não tiveram o contrato de Regime Integral de Trabalho (RIT) cadastrado. Entre os casos, está a situação de uma professora que assumiu o RIT no início de agosto para cobrir uma aposentadoria e até agora não teve o contrato cadastrado.

    A situação caótica vem sendo tratada com ações pontuais por parte da Prefeitura. Ao ser cobrada pelo Sindicato na semana passada, a chefe do núcleo de Recursos Humanos da Educação justificou a demora, alegando que os pedidos são analisados individualmente, e informou que os contratos seriam liberados até o dia 19 de agosto.

    Esse prazo já passou e o descaso com a educação continua! Nesta quarta-feira (24), às 14h, a direção do SISMMAC vai novamente até a Secretaria Municipal de Recursos Humanos cobrar uma resposta efetiva para os problemas. Não sairemos sem uma solução para a falta de profissionais e para o atraso na assinatura dos contratos de RITs. Convidamos todas e todos que puderem para participar conosco e ajudar na pressão!

    Ao contrário da propaganda, realidade da educação comprova cortes e falta de professores

    Em apresentação feita para o SISMMAC no dia 1º de agosto e publicada no site do RH 24 Horas, a Prefeitura nega a falta de professores e afirma que não foram feitos cortes na educação. Entretanto, as afirmações são facilmente contrapostas a partir das denúncias e exemplos dos problemas enfrentados nas escolas e demais unidades de educação!





Imprimir
  • 23 | 08 | 2016 - 17:25 Condições de Trabalho
    Prefeitura mantém cortes e atrasa assinatura de contratos de RIT

    Prefeitura mantém cortes e atrasa assinatura de contratos de RIT

    Nesta quarta-feira (24), o SISMMAC vai até a Secretaria de Recursos Humanos cobrar uma resposta para os problemas
    Ao contrário do que propagandeia a Prefeitura, os cortes na educação e a falta de professores vem prejudicando o funcionamento das escolas e CMEIs no segundo semestre. Ao longo desse mês, o SISMMAC recebeu denúncias de unidades que continuam com bibliotecas fechadas por causa da falta de agentes de leitura. Algumas escolas reduziram o percentual de hora-atividade por causa da falta de professoras e outras estão sem o profissional de apoio à inclusão desde o retorno das aulas.

    Além disso, também recebemos várias denúncias de professoras e professores que estão trabalhando com a carga horária dobrada, mas ainda não tiveram o contrato de Regime Integral de Trabalho (RIT) cadastrado. Entre os casos, está a situação de uma professora que assumiu o RIT no início de agosto para cobrir uma aposentadoria e até agora não teve o contrato cadastrado.

    A situação caótica vem sendo tratada com ações pontuais por parte da Prefeitura. Ao ser cobrada pelo Sindicato na semana passada, a chefe do núcleo de Recursos Humanos da Educação justificou a demora, alegando que os pedidos são analisados individualmente, e informou que os contratos seriam liberados até o dia 19 de agosto.

    Esse prazo já passou e o descaso com a educação continua! Nesta quarta-feira (24), às 14h, a direção do SISMMAC vai novamente até a Secretaria Municipal de Recursos Humanos cobrar uma resposta efetiva para os problemas. Não sairemos sem uma solução para a falta de profissionais e para o atraso na assinatura dos contratos de RITs. Convidamos todas e todos que puderem para participar conosco e ajudar na pressão!

    Ao contrário da propaganda, realidade da educação comprova cortes e falta de professores

    Em apresentação feita para o SISMMAC no dia 1º de agosto e publicada no site do RH 24 Horas, a Prefeitura nega a falta de professores e afirma que não foram feitos cortes na educação. Entretanto, as afirmações são facilmente contrapostas a partir das denúncias e exemplos dos problemas enfrentados nas escolas e demais unidades de educação!





Rua Nunes Machado, 1577, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS