Sismac
  • 16 | 07 | 2019 - 16:05 Além dos muros da escola

    ICI alega não ter material para emitir o cartão qualidade do servidor

    ICI alega não ter material para emitir o cartão qualidade do servidor
    O Instituto não tem previsão para emitir o cartão para servidores em casos de roubo, perda ou extravio

    O Instituto Curitiba de Informática, agora denominado Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), Organização Social detentora de um dos maiores contratos da Prefeitura de Curitiba, está sem material para emitir novos cartões qualidade aos servidores. Já são cerca de dois meses que os servidores públicos municipais de Curitiba estão sem poder solicitar segunda via do cartão, e nem a primeira via está sendo feita. O servidor que teve o cartão roubado, perdeu, ou teve algum outro dano não consegue solicitar outro e a orientação é aguardar.

    O cartão multifuncional foi criado em 1997 é uma espécie de identidade dos servidores municipais, utilizado para entrar em espaços públicos com entrada controlada, para acessar o local de trabalho, para realizar compras, empréstimos, para descontos em rede credenciada, entre outros benefícios. Quando há um problema com o cartão, o servidor deve se dirigir ao térreo do edifício Delta, onde o ICI atende, e emitir a segunda via do cartão com custo de R$ 20,00. No entanto, isso não está acontecendo. A orientação para quem está com problema no cartão é entrar em contato com o ICI semanalmente para verificar se o serviço foi retomado. Não há previsão para retomar o emissão do cartão, conforme informado pessoalmente e por telefone por funcionários do Instituto.

    Como o serviço é cobrado, e há grande procura pela emissão de segunda via, fica difícil entender porque não está sendo emitido o cartão. A Prefeitura não está pagando o contrato para o ICI? O Instituto está sem recursos para comprar o material? Ou estão estudando alterar a funcionalidade do cartão? Estão planejando mudar o modelo e integrar o vale transporte no cartão qualidade, obrigando todos servidores a utilizarem o transporte público, mesmo aqueles que se utilizam de outros meios de transporte para ir até o local de trabalho?

    A não emissão do cartão qualidade demonstra a política de desvalorização dos servidores municipais praticada pela gestão Greca. Pra quem está com salários que não acompanham a inflação dos últimos dois anos, com carreiras congeladas, ficar sem os benefícios do cartão qualidade é um grande problema no orçamento doméstico. Mas isso parece que não importa para o prefeito Rafael Greca, que garante ter caixa em dia para fazer o pagamento dos salários e honrar os contratos, mesmo que os contratados não honrem com os compromissos, como está sendo o caso do ICI.

    Contato para reclamações

    Diante da falta de expectativa para conseguir o novo cartão, os servidores devem reclamar pelo e-mail cartaoqualidade@ici.curitiba.org.br, pelo telefone (41) 3074-6262. Entre em contato também com o Sindicato pelo telefone (41) 3225-6729 para que possamos acompanhar a situação e cobrar a solução do problema que está afetando vários servidores.

  • 16 | 07 | 2019 - 16:05 Além dos muros da escola

    ICI alega não ter material para emitir o cartão qualidade do servidor

    ICI alega não ter material para emitir o cartão qualidade do servidor
    O Instituto não tem previsão para emitir o cartão para servidores em casos de roubo, perda ou extravio

    O Instituto Curitiba de Informática, agora denominado Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), Organização Social detentora de um dos maiores contratos da Prefeitura de Curitiba, está sem material para emitir novos cartões qualidade aos servidores. Já são cerca de dois meses que os servidores públicos municipais de Curitiba estão sem poder solicitar segunda via do cartão, e nem a primeira via está sendo feita. O servidor que teve o cartão roubado, perdeu, ou teve algum outro dano não consegue solicitar outro e a orientação é aguardar.

    O cartão multifuncional foi criado em 1997 é uma espécie de identidade dos servidores municipais, utilizado para entrar em espaços públicos com entrada controlada, para acessar o local de trabalho, para realizar compras, empréstimos, para descontos em rede credenciada, entre outros benefícios. Quando há um problema com o cartão, o servidor deve se dirigir ao térreo do edifício Delta, onde o ICI atende, e emitir a segunda via do cartão com custo de R$ 20,00. No entanto, isso não está acontecendo. A orientação para quem está com problema no cartão é entrar em contato com o ICI semanalmente para verificar se o serviço foi retomado. Não há previsão para retomar o emissão do cartão, conforme informado pessoalmente e por telefone por funcionários do Instituto.

    Como o serviço é cobrado, e há grande procura pela emissão de segunda via, fica difícil entender porque não está sendo emitido o cartão. A Prefeitura não está pagando o contrato para o ICI? O Instituto está sem recursos para comprar o material? Ou estão estudando alterar a funcionalidade do cartão? Estão planejando mudar o modelo e integrar o vale transporte no cartão qualidade, obrigando todos servidores a utilizarem o transporte público, mesmo aqueles que se utilizam de outros meios de transporte para ir até o local de trabalho?

    A não emissão do cartão qualidade demonstra a política de desvalorização dos servidores municipais praticada pela gestão Greca. Pra quem está com salários que não acompanham a inflação dos últimos dois anos, com carreiras congeladas, ficar sem os benefícios do cartão qualidade é um grande problema no orçamento doméstico. Mas isso parece que não importa para o prefeito Rafael Greca, que garante ter caixa em dia para fazer o pagamento dos salários e honrar os contratos, mesmo que os contratados não honrem com os compromissos, como está sendo o caso do ICI.

    Contato para reclamações

    Diante da falta de expectativa para conseguir o novo cartão, os servidores devem reclamar pelo e-mail cartaoqualidade@ici.curitiba.org.br, pelo telefone (41) 3074-6262. Entre em contato também com o Sindicato pelo telefone (41) 3225-6729 para que possamos acompanhar a situação e cobrar a solução do problema que está afetando vários servidores.

Notícias Relacionadas

Nenhum registro encontrado.

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS