Sismac

Notícias | Além dos muros da escola

Imprimir
  • Contra as medidas de Bolsonaro, a educação vai para a rua!
    10 | 05 | 2019 - 12:54 Mobilização

    Contra as medidas de Bolsonaro, a educação vai para a rua!

    Ato do dia 15 de maio tem concentração na Praça Santos Andrade a partir das 8h30

    A agenda dos servidores e servidoras do município está cheia! A construção da Greve Geral de 14 de junho foi tirada como uma prioridade na assembleia da última quinta-feira (9). Para isso, vamos dar continuidade as mobilizações, compondo o grande ato pela educação pública que acontece no dia 15 de maio.

    Confira a programação do ato

    8h30 - Concentração na Praça Santos Andrade
    9h - Início do ato
    10h30 - Caminhada em direção ao Centro Cívico
    11h30 - Ato em frente à Prefeitura pelas pautas dos servidores municipais
    12h - Chegada na Praça Nossa Senhora da Salete
    Os servidores devem organizar sua participação no ato! E, para os que tem permanência ou horário organizado por meio de escalas, o encontro está marcado na Praça Santos Andrade, a partir das 8h30 da manhã, em defesa da educação pública.

    Bolsonaro, assim como outros governos, escolheu ficar ao lado dos banqueiros e empresários. Só na última semana cortou mais R$ 7 bilhões da educação pública, atingindo todos os setores, ao contrário do que diz em seu discurso. O corte de verbas atinge universidades e setores do ensino básico, afetando diretamente o orçamento do município e do estado.

    Os servidores e servidoras já trabalham com salários defasados, sem planos de carreira e em locais sem manutenção adequada. Já imaginou as condições de trabalho com mais essa retirada do governo?

    Nossa luta não para!

    Mais do que nunca devemos nos fortalecer e demonstrar a indignação que os trabalhadores sentem em relação à piora de nossas condições de vida e de trabalho. As servidoras e servidores ainda têm a tarefa de construir a participação do funcionalismo na necessária greve geral de 14 de junho para barrar a Reforma da Previdência.

    Em preparação para o dia 14, vamos realizar duas semanas de divulgação da Greve Geral, entre os dias 20 e 31 de maio. Fique atento ao site do Sindicato para receber notificações sobre nossos materiais e formas de contribuir com este movimento. Firmes!

  • 10 | 05 | 2019 - 12:54 Mobilização
    Contra as medidas de Bolsonaro, a educação vai para a rua!

    Contra as medidas de Bolsonaro, a educação vai para a rua!

    Ato do dia 15 de maio tem concentração na Praça Santos Andrade a partir das 8h30

    A agenda dos servidores e servidoras do município está cheia! A construção da Greve Geral de 14 de junho foi tirada como uma prioridade na assembleia da última quinta-feira (9). Para isso, vamos dar continuidade as mobilizações, compondo o grande ato pela educação pública que acontece no dia 15 de maio.

    Confira a programação do ato

    8h30 - Concentração na Praça Santos Andrade
    9h - Início do ato
    10h30 - Caminhada em direção ao Centro Cívico
    11h30 - Ato em frente à Prefeitura pelas pautas dos servidores municipais
    12h - Chegada na Praça Nossa Senhora da Salete
    Os servidores devem organizar sua participação no ato! E, para os que tem permanência ou horário organizado por meio de escalas, o encontro está marcado na Praça Santos Andrade, a partir das 8h30 da manhã, em defesa da educação pública.

    Bolsonaro, assim como outros governos, escolheu ficar ao lado dos banqueiros e empresários. Só na última semana cortou mais R$ 7 bilhões da educação pública, atingindo todos os setores, ao contrário do que diz em seu discurso. O corte de verbas atinge universidades e setores do ensino básico, afetando diretamente o orçamento do município e do estado.

    Os servidores e servidoras já trabalham com salários defasados, sem planos de carreira e em locais sem manutenção adequada. Já imaginou as condições de trabalho com mais essa retirada do governo?

    Nossa luta não para!

    Mais do que nunca devemos nos fortalecer e demonstrar a indignação que os trabalhadores sentem em relação à piora de nossas condições de vida e de trabalho. As servidoras e servidores ainda têm a tarefa de construir a participação do funcionalismo na necessária greve geral de 14 de junho para barrar a Reforma da Previdência.

    Em preparação para o dia 14, vamos realizar duas semanas de divulgação da Greve Geral, entre os dias 20 e 31 de maio. Fique atento ao site do Sindicato para receber notificações sobre nossos materiais e formas de contribuir com este movimento. Firmes!

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS