Sismac
  • 05 | 02 | 2019 - 09:24 Mobilização

    Direito à greve: conquista garantida após anos de repressão

    Direito à greve: conquista garantida após anos de repressão
    Em toda história da luta dos trabalhadores, a greve esteve presente como instrumento de luta

    As greves surgem no contexto da revolução industrial, com as péssimas condições de trabalho da época, e têm toda sua história marcada pela repressão.

    No Brasil, a repressão, que já era grande, se intensificou com os governos militares. O Estado intervia nas organizações dos trabalhadores e as greves foram proibidas. No final dos anos 1970, as péssimas condições de vida dos trabalhadores fizeram com que os movimentos grevistas voltassem a acontecer.

    Em 1980, a greve dos metalúrgicos do ABC, que durou 41 dias, marcou o início das manifestações em massa contra o regime militar. Após esse movimento, diversas manifestações por direitos trabalhistas se espalharam pelo Brasil. Em 1988, os trabalhadores conseguiram garantir, na Constituição, seu direito à greve. Além disso, estas mesmas mobilizações conquistaram diversos direitos trabalhistas que ajudam a garantir, até hoje, melhores condições de trabalho.

    Todos os direitos colocados nessa série de postagens foram conquistados a duras penas por aqueles que vieram antes de nós. A prefeitura e o governo federal caminham juntos para tentar retirá-los dos trabalhadores, cabe a nós lutar para garantir melhores condições de vida e de trabalho.

    Imprensa do SISMMAC e do SISMUC
  • 05 | 02 | 2019 - 09:24 Mobilização

    Direito à greve: conquista garantida após anos de repressão

    Direito à greve: conquista garantida após anos de repressão
    Em toda história da luta dos trabalhadores, a greve esteve presente como instrumento de luta

    As greves surgem no contexto da revolução industrial, com as péssimas condições de trabalho da época, e têm toda sua história marcada pela repressão.

    No Brasil, a repressão, que já era grande, se intensificou com os governos militares. O Estado intervia nas organizações dos trabalhadores e as greves foram proibidas. No final dos anos 1970, as péssimas condições de vida dos trabalhadores fizeram com que os movimentos grevistas voltassem a acontecer.

    Em 1980, a greve dos metalúrgicos do ABC, que durou 41 dias, marcou o início das manifestações em massa contra o regime militar. Após esse movimento, diversas manifestações por direitos trabalhistas se espalharam pelo Brasil. Em 1988, os trabalhadores conseguiram garantir, na Constituição, seu direito à greve. Além disso, estas mesmas mobilizações conquistaram diversos direitos trabalhistas que ajudam a garantir, até hoje, melhores condições de trabalho.

    Todos os direitos colocados nessa série de postagens foram conquistados a duras penas por aqueles que vieram antes de nós. A prefeitura e o governo federal caminham juntos para tentar retirá-los dos trabalhadores, cabe a nós lutar para garantir melhores condições de vida e de trabalho.

    Imprensa do SISMMAC e do SISMUC

Rua Nunes Machado, 1644, Rebouças – Curitiba / PR, CEP. 80.220-070 - Fone/Fax.: (41) 3225-6729

DOHMS